Educação Escolas usam aplicativos para facilitar a vida dos pais

Escolas usam aplicativos para facilitar a vida dos pais

Tecnologia tem sido utilizada para agilizar a comunicação entre os professores e a família. A vantagem é acompanhar o filho em tempo real

Aplicativos a serviço dos pais

Aplicativos prometem facilitar a comunicação entre os pais e a escola

Aplicativos prometem facilitar a comunicação entre os pais e a escola

Pixabay

Esqueceu de olhar a agenda do filho? Não viu o bilhete que a professora mandou? Faltou na reunião? Quem nunca passou por isso, não é mesmo? Nem sempre a comunicação entre a escola, pais e filhos é simples e os aplicativos prometem facilitar a vida de todo mundo.

A advogada Camila de Araujo Lima Rios, de 31 anos, tem dois filhos - de 2 e 4 anos respectivamente. Além de dividir o tempo entre as crianças, precisa equilibrar a vida profissional. “Trabalho em casa, mas preciso sair para audiências, reuniões externas e viajo muito”, diz.

Como lidar com os monstros que habitam os celulares dos pais

Com a rotina corrida, Camila não conseguia acompanhar todos os bilhetes enviados pelas professoras da escola. “Muitas vezes tinha de levar material como sucata, mas só conseguia ver a noite ou no dia seguinte, agora, com o uso do aplicativo, acompanho em tempo real”.

Para a advogada, a principal vantagem é saber o que se passa com os filhos mesmo quando está viajando. “Principalmente quando estou fora, sei o que as crianças comeram, se dormiram e isso facilita muito a vida”.

Muitas escolas já têm aplicativos próprios para enviar comunicados, avisos e outras informações aos pais. Os pais já estão acostumados com os aplicativos como o Whatsapp e os grupos fazem parte da realidade da escola. “O mais importante é que haja proximidade e micro interações diárias para uma comunicação efetiva entre os pais e a escola”, avalia Anderson Morais da Agenda Edu.

“Cada vez mais temos a necessidade de ter informação em tempo real e à mão, pedimos comida e carro por telefone e como fica a comunicação com a escola? Também precisa ter essa funcionalidade”, diz Morais.

Aplicativos prometem organizar a comunicação entre a família e escola, mas, como observa Samir Iásbeck da Qranio, “cada pessoa tem o seu jeito e a melhor tecnologia é aquela que atenda ao maior número de pessoas e melhore a qualidade de vida”.