Enem 2017
Educação Estudante chega 2 horas mais cedo, perde documento e abandona prova

Estudante chega 2 horas mais cedo, perde documento e abandona prova

Jovem não sabe se RG ficou dentro de banheiro ou se caiu do bolso da calça

Estudante chega 2 horas mais cedo, perde documento e abandona prova

"Não acredito que estudei o ano todo para não fazer a prova", diz Gabriele

"Não acredito que estudei o ano todo para não fazer a prova", diz Gabriele

Marta Barbosa/R7 - 05.11.2017

Por medo de se atrasar e perder a prova, a estudante Gabriele Oliveira, de 18 anos, chegou com mais de duas horas de antecedência à universidade onde faria o primeiro dia do Enem 2017. Antes de os portões fecharem, no entanto, ela se viu obrigada a abandonar o exame.

Gabriele chegou à Uninove da Barra Funda, um dos maiores locais de prova de São Paulo, por volta das 10h40 deste domingo (5). Ela entrou na universidade assim que os portões abriram, ao meio-dia.

Acompanhada de uma amiga, ela foi até a sala da colega, no 2º andar da universidade, e caminhou em seguida ao oitavo andar, onde faria o exame. Ao chegar a sua sala, Gabriele notou que estava sem o RG.

Ela chamou uma fiscal de sala e passou a refazer todos os seus passos na universidade, incluindo no banheiro, mas nada foi encontrado.

"Estou tremendo até agora"
Gabriele Oliveira, estudante

A estudante acredita que seu documento tenha caído na escada rolante, quando puxou a calça para se ajeitar. Ela tinha uma cópia do RG, mas os fiscais não aceitaram.

"Eu acho que eles não acreditaram muito em mim. Não acredito que estudei o ano todo e fiz tudo certinho, para chegar aqui e não fazer a prova", diz Gabrielle.

— Estou tremendo até agora. Se eu tivesse chegado atrasada, era culpa minha, mas nesse caso não foi.

Para evitar punições no exame por causa do celular, a estudante deixou seu aparelho em casa, e por isso teve de usar o telefone de um segurança da universidade para avisar o pai.

A candidata ainda vai voltar na saída da prova, a partir das 15h30, para buscar a amiga, que ainda não sabe que ela abandonou o exame.

Mais de 6,7 milhões de estudantes se inscreveram para fazer o Exame Nacional do Ensino Médio em 2017.

Os candidatos respondem hoje a 90 questões de múltipla escolha de linguagem e ciências humanas, e também escrevem a redação — neste ano, não serão zerados os textos que desrespeitarem conceitos dos direitos humanos.

O exame continua no próximo domingo (12) com as provas de ciência da natureza e matemática.