Enem 2021

Inep divulga o gabarito oficial do Enem 2021

Participantes podem conferir as respostas no site do Inep; a nota oficial será divulgada no dia 11 de fevereiro de 2022

  • Educação | Karla Dunder, do R7

Cadernos de prova do Enem 2021

Cadernos de prova do Enem 2021

Divulgação

O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) divulgou nesta quarta-feira (1º), na página eletrônica do instituto, o gabarito oficial da prova do Enem 2021. O resultado será divulgado no dia 11 de fevereiro de 2022. Veja abaixo:

Gabarito oficial - 1º dia: Prova Azul - Prova Amarela - Prova Branca - Prova Rosa

Gabarito oficial - 2º dia: Prova Azul - Prova Amarela - Prova Cinza - Prova Rosa

Uma questão de matemática sobre a Copa do Brasil foi anulada porque nenhuma das alternativas oferecidas ao candidato era correta.

De acordo com informações do Inep, responsável pela aplicação do exame, 2,1 milhões realizaram as provas do Enem nos últimos dias 21 e 28 de novembro. Esse é o menor número de participantes desde 2004. O total de abstenções foi de 29%, índice menor que o da última edição, mas ainda considerado alto em razão do número de inscritos. 

Os participantes responderam a 180 questões de ciências humanas, linguagens, ciências da natureza e matemática. O tema da redação deste ano foi "Invisibilidade e registro civil".

Veja os cadernos de prova: 

1º dia: Caderno Azul - Caderno Amarelo - Caderno Branco - Caderno Rosa

2º dia: Caderno Azul - Caderno Amarelo - Caderno Cinza - Caderno Rosa

As notas do Enem podem ser usadas para acessar o ensino superior e participar de programas como o Sisu (Sistema de Seleção Unificada), que oferece vagas em instituições públicas, o Prouni (Programa Universidade para Todos), que oferece bolsas de estudo em instituições privadas, e o Fies (Fundo de Financiamento Estudantil), que oferece crédito estudantil.

Polêmicas

A edição do Enem deste ano foi marcada por muitas polêmicas. Cerca de 37 funcionários do Inep pediram demissão às vésperas da prova. Eles alegaram falta de gestão e assédio moral. O diretor do Inep, Danilo Dupas, e o ministro da Educação, Milton Ribeiro, negaram as acusações.

Os dois participaram de audiências para explicar a crise no Inep, mas não esclareceram a presença de um agente da Polícia Federal na área segura durante a montagem das provas do Enem.

Últimas