Já é hora de retomar os planos para fazer um intercâmbio?

Saiba quais são os países que ainda têm restrições e quais as dicas de como planejar a viagem para estudar fora do Brasil

Intercâmbio: momento é de planejamento

Intercâmbio: momento é de planejamento

Pixabay

Para muitos estudantes brasileiros a pandemia foi um verdadeiro balde de água fria. O isolamento social fez com que muitos jovens adiassem os planos de intercâmbio para o exterior. Muitos países ainda seguem com restrições, mas já é possível começar a planejar a viagem de olho em 2021.

Nesta quarta-feira (16), às 19h, os interessados no assunto podem participar de webinar gratuito promovido pela Maratona EBAC Live no youtube discutirá as possibilidades que existem para o aluno brasileiro que busca uma experiência internacional, mas ao mesmo tempo quer se sentir seguro durante esse período de isolamento social. As inscrições devem ser feitas com antecedência pelo site.

Alguns países ainda seguem com restrições à entrada de estrangeiros, principalmente de turistas brasileiros devido ao alto número de casos de covid-19. A União Europeia ainda não permite a entrada de pessoas que estejam no Brasil.

Mesmo assim, algumas dicas são válidas neste período de pandemia. A prioridade neste momento é a organização da viagem. Para calcular o gasto, o primeiro passo é escolher o curso. Seja curso de língua, graduação ou pós-graduação, o estudante deve saber qual o seu objetivo e pode pesquisar como funcionam os processos seletivos, se é necessário um certificado de proficiência de línguas e quais são aceitos pela instituição.

O segundo passo é avaliar quais os países são interessantes, se prefere uma cidade mais agitada e cosmopolita ou sem agito. O custo de vida de cada lugar precisa entrar nessa conta, assim como a moradia, transporte e alimentação.

Os populares

Uma pesquisa encomendada pela Associação Brasileira de Agências de Intercâmbio (Belta) aponta que o Canadá é o destinho mais popular entre os estudantes brasileiros. Estados Unidos e Irlanda, que libera visto de trabalho também, seguem em segundo e terceiro na lista.