Enem 2020

Educação Justiça suspende aplicação das provas do Enem

Justiça suspende aplicação das provas do Enem

Tribunal acatou o argumento da Defensoria de que o Inep não teria como garantir cumprimento dos protococolos sanitários

Justiça suspende aplicação das provas do Enem por risco de transmissão da covid

Justiça suspende aplicação das provas do Enem por risco de transmissão da covid

Leandro Ferreira/Fotoarena/Estadão Conteúdo – 10.01.2021

Justiça Federal 3ª Região acata pedido da DPU (Defensoria Pública da União) para adiar o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Exame seria realizado neste domingo (17) e no próximo (24).

De acordo com o texto:

A DPU argumentou que o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), órgão responsável pela realização das provas, não teria como garantir o cumprimento dos protocolos sanitários criados por eles mesmos e "ainda induziram a Justiça Federal da 3ª Região a erro, prestando informações inverídicas que vieram a subsidiar as decisões de indeferimento dos pedidos de adiamento, em 1ª e 2ª instância".

Ainda segundo com a Defensoria, reportagens sobre a realização do Enem trouxeram inúmeros relatos de que a ocupação de muitas das salas será bem superior aos 50% da capacidade, percentual com que o próprio Inep havia se comprometido. "Na maioria desses casos, a ocupação é de cerca de 80%, muito acima de um número prometido. Esperamos que a decisão seja revertida ou fundamentada de outro modo", disse ao Estadão o defensor João Paulo Dorini.

Últimas