MEC autoriza ensino a distância em cursos técnicos profissionalizantes

Instituições federais podem substituir as atividades até o dia 31 de dezembro, mas terão de cumprir a carga horário estabelecida

MEC autoriza ensino remoto para escolas técnicas

MEC autoriza ensino remoto para escolas técnicas

Alvaro Henrique/Secretaria de Educação/Divulgação

O MEC (Ministério da Educação) publicou uma Portaria nesta terça-feira (4) no Diário Oficial da União autorizando, em caráter excepcional devido a pandemia do novo coronavírus, a suspender as aulas presenciais ou substituí-las por atividades não presenciais nos cursos de educação profissional técnica de nível médio até 31 de dezembro.

As instituições de ensino federal poderão optar pelas aulas remotas durante o período ou pela reposição da carga horária total.

"As instituições integrantes do sistema federal de ensino (...) ficam autorizadas, em caráter excepcional, a suspender as aulas presenciais ou substituí-las por atividades não presenciais nos cursos de educação profissional técnica de nível médio em andamento até 31 de dezembro de 2020, a depender de orientação do Ministério da Saúde e dos órgãos de saúde estaduais, municipais e distrital, na forma desta Portaria."

Essas instituições que optarem por suspender as aulas poderão alterar os seus calendários escolares, inclusive os de recessos e de férias.

No mês de junho, o MEC autorizou o ensino remoto para as universidades federais. As três principais universidades paulistas — USP, Unicamp e Unesp — já anunciaram que só retornarão ao ensino presencial em 2021.