Enem 2021

Educação Para que 'serve' o Enem? Saiba onde e como usar a nota do exame

Para que 'serve' o Enem? Saiba onde e como usar a nota do exame

Mais de 3 milhões de participantes vão encarar a maratona de provas que começa no próximo domingo, dia 21

  • Educação | Do R7

Enem: saiba como usar a nota do exame que será realizado nos próximos domingos

Enem: saiba como usar a nota do exame que será realizado nos próximos domingos

Gastão Guedes

O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) deve ser realizado nos próximos domingos, dias 21 e 28. Mais de 3 milhões de pessoas vão encarar a maratona de provas. Mas para que serve o exame? Saiba como usar a nota do Enem para conquistar uma vaga em uma universidade no Brasil ou em Portugal ou, ainda, conseguir uma bolsa de estudos.

A proposta inicial do Enem era avaliar a capacidade de raciocínio e o desempenho dos estudantes de ensino médio. A partir de 2009, o MEC (Ministério da Educação) decidiu unificar o processo seletivo das universidades e mudar o currículo do ensino médio.

Na prática, hoje, o Enem é a principal porta de entrada para universidades públicas e privadas que utilizam a nota do exame como forma de ingresso. A nota do Enem também serve como critério de avaliação para o Prouni (Programa Universidade para Todos) e para o Fies (Fundo de Financiamento Estudantil)

Os dois programas exigem que o estudante de escola pública ou bolsista de escolas particulares tenha tirado a nota mínima de 450 no Enem e que não tenha zerado na redação. O Prouni oferece bolsas de estudo de 50% a 100% em universidades privadas. Já o Fies é um financiamento estudantil.

Para conseguir uma vaga em uma universidade federal, os estudantes devem usar a nota do Enem no Sisu (Sistema de Seleção Unificada), uma espécie de leilão virtual que oferece vagas nas instituições de ensino federais. O Sisu é totalmente automatizado e utiliza as notas do Enem para classificar os participantes. Quanto maior a nota, maior a chance de conquistar uma vaga.

Aqueles que buscam uma vaga em uma universidade fora do país podem usar a nota do Enem para ingressar em uma instituição de Portugal. Por meio de um convênio com o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), mais de 50 universidades aceitam a nota do Enem. Os interessados devem fazer as inscrições ou candidaturas, como eles chamam por lá, diretamente no site das universidades portuguesas.

Como é a prova?

O Enem tem 180 questões objetivas, sendo 90 em cada dia. São 45 itens para cada área de conhecimento. Cada questão tem uma pergunta com cinco alternativas, sendo apenas uma verdadeira.

A organização do Enem divide as provas em quatro áreas de conhecimento:

    1. Linguagens, códigos e suas tecnologias: língua portuguesa, literatura, língua estrangeira (iInglês ou espanhol), artes, educação física e tecnologias da informação e comunicação
    2. Ciências humanas e suas tecnologias: história, geografia, sociologia e filosofia
    3. Ciências da natureza e suas tecnologias: biologia, química e física
    4. Matemática e suas tecnologias

Os participantes também precisam redigir uma redação dissertativo-argumentativa.

No próximo domingo, 21, os participantes vão responder a 90 questões de linguagens e ciências humanas, além de produzir a redação. A prova começa às 13h30 e termina às 19h. Já no domingo, 28, os participantes respondem a 45 questões de matemática e 45 de ciências da natureza.

Arte R7

Últimas