Enem 2021

Educação Presidente do Inep deve comparecer à Câmara hoje

Presidente do Inep deve comparecer à Câmara hoje

Danilo Dupas foi convocado pela Comissão de Educação para explicar as demissões em massa e acusações de 'assédio moral'

  • Educação | Karla Dunder, do R7

Danilo Dupas deve prestar esclarecimentos na Câmara

Danilo Dupas deve prestar esclarecimentos na Câmara

Divulgação

Danilo Dupas, presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), foi convocado a comparecer à Comissão de Educação da Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (10) para esclarecer os motivos da debandada de funcionários da autarquia às vésperas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

O Inep é uma autarquia ligada ao MEC (Ministério da Educação) responsável, entre outras coisas, pela realização do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). A duas semanas das provas, marcadas para os dias 21 e 28 de novembro, ao menos 33 funcionários do Inep pediram demissão na última segunda-feira (8). Pelo menos 28 deles estão ligados diretamente à realização do exame.

Em carta, os servidores alegaram "fragilidade técnica e administrativa da atual gestão máxima do Inep" para a demissão. Também denunciaram que o atual presidente do Inep realiza o desmonte do órgão e ainda o acusaram de assédio moral.

Durante audiência na Comissão de Educação em junho, Danilo Dupas disse que o ministro da Educação, Milton Ribeiro, queria acesso prévio à prova do Enem para garantir que ela fosse técnica. Em julho, ao ser questionado pelo colegiado, Ribeiro negou a intenção de censurar o conteúdo das provas.

Na segunda-feira, Ribeiro usou as redes sociais para afirmar que o cronograma do Enem está mantido e as provas serão realizadas nos dias 21 e 28, mesmo com a demissão em massa no Inep.

A Assinep (Associação de Funcionários do Inep) só deve se pronunciar após os eclarecimentos de Dupas na Câmara.

Últimas