Educação Projeto capacita professores para reconhecer problemas de saúde

Projeto capacita professores para reconhecer problemas de saúde

Educadores serão orientados por médicos sobre sintomas em crianças com problemas na audição, linguagem e respiração

  • Educação | Giovana Cardoso*, do R7, em Brasília

Sala de aula em Brasília

Sala de aula em Brasília

Dênio Simões/Agência Brasília - Arquivo

Professores da rede pública e privada do Distrito Federal serão capacitados para reconhecer sinais de problemas de saúde em crianças. De acordo com a Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial, responsável pela iniciativa, os educadores serão orientados por médicos sobre problemas na audição, na linguagem e na respiração do público infantil.

Segundo o presidente da associação no DF, o médico Gustavo Subtil Magalhães Freire, "a detecção e o tratamento precoce de alterações auditivas garantem à criança o desenvolvimento social, da expressão da linguagem, além de uma melhor compreensão".

A diretora de eventos da escola que vai sediar a iniciativa, Laurene Bernardes, comentou sobre a importância da capacitação. "Nós, profissionais da área de educação, lidamos diariamente com diversas necessidades dos alunos. Saber identificar quais desses problemas devem ser encaminhados para avaliação médica, pode antecipar um possível tratamento", disse.

O projeto de capacitação está previsto para ocorrer em outras cidades ao longo do ano, como Rio de Janeiro, São Paulo, Goiânia e Porto Alegre. Segundo a associação, a expectativa é de que mais de mil professores estejam capacitados até o fim de 2022.

A capacitação vai ocorrer das 10h às 11h30 na Escola Multi-Integral, no Park Way, Distrito Federal. As inscrições podem ser feitas através do site da ABORL-CCF.

*Estagiária sob supervisão de Fausto Carneiro 

Últimas