R7 Ensina Ministério Público Federal pede adiamento do Enem em Rondônia 

Ministério Público Federal pede adiamento do Enem em Rondônia 

Procuradoria e DPU (Defensoria Pública da União) defendem realização de provas apenas 'quando houver condições sanitárias'

Pedido de adiamento foi apresentado nesta sexta

Pedido de adiamento foi apresentado nesta sexta

Antonio Cruz/Agência Brasil

O MPF (Ministério Público Federal), o MP/RO (Ministério Público do Estado) e a DPU (Defensoria Pública da União) pediram à Justiça Federal o adiamento do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) em todo o estado de Rondônia, por conta do crescimento de casos de covid-19. 

Segundo comunicado enviado à imprensa, os órgãos afirmam que "o Estado enfrenta aumento recordista nos números de infecção, reinfecção e óbitos nas últimas semanas, desde o início da pandemia."

No pedido, apresentado nesta sexta-feira (15), as entidades defender que as provas sejam realizadas apenas "quando houver condições sanitárias para a realização localmente." 

Veja: Como fica a aplicação do Enem com as idas e vindas na Justiça? Confira!

De acordo com o pedido, a manutenção do atual calendário do exame "viola o direito dos cidadãos à saúde, tendo em vista a fila de espera para leitos clínicos em alguns municípios. Doenças respiratórias decorrentes do inverno amazônico e exposição de aplicadores, participantes e seus familiares, podem comprometer ainda mais o sistema de saúde local", diz dos trechos. 

Últimas