Coronavírus

R7 Ensina MPF questiona MEC para adiar realização do Enem no DF

MPF questiona MEC para adiar realização do Enem no DF

Órgão também pediu informações sobre quais as medidas sanitárias serão tomadas e como será feita a fiscalização

Ministério Público Federal questiona MEC e Inep sobre adiamento do Enem no DF

Ministério Público Federal questiona MEC e Inep sobre adiamento do Enem no DF

Marcello Casal JrAgência Brasil

O MPF-DF (Ministério Público Federal do Distrito Federal) enviou ao MEC (Ministério da Educação) e ao Inep (Instituto Nacional Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) um ofiício questionando sobre o adiamento do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) no Distrito Federal.

O questionamento do MPF tem como referência o aumento de casos do novo coronavírus na região. Distrito Federal. Até a última terça-feira (12), o número de pessoas infectadas chega 260.797 e mais de quatro mil mortes.

Justiça suspende realização do Enem no AM por causa da covid-19

Os órgãos têm 24 horas para responder ao questionamento. A primeira prova está marcada para o próximo domingo (17). 

No texto, o Ministério Público pede esclarecimentos sobre o número de inscritos e quantidade de candidatos nos locais de prova. O ofício também exige esclarecimentos da Vigilância Sanitária sobre as medidas adotadas para evitar o contágio da covid-19 durante a realização do exame. O prazo para a resposta também é de 24 horas.

A Vigilância deve informar se recebeu orientação do MEC ou do Inep, sobre as medidas de biossegurança durante a realização do Enem no Distrito Federal. Além disso, o MPF quer saber se existe planejamento para que haja fiscalização no dia e nos locais de prova para verificar se as medidas estão sendo tomadas.

Esse questionamento do MPF-DF tem como base a decisão da Justiça Federal de São Paulo, que obriga o Inep a reaplicar as provas do Enem se as autoridades sanitárias locais ou regionais constatarem risco maior de contágio em determinado município ou localidade.

Últimas