Educação UFMG reconhece 'experiência cultural' com o título de Notório Saber

UFMG reconhece 'experiência cultural' com o título de Notório Saber

Conselho Universitário define que conhecimentos tradicionais, mesmo para quem não está no universo acadêmico, receberão o título

  • Educação | Do R7

Liderança indígena em atividade na UFMG

Liderança indígena em atividade na UFMG

Foca Lisboa / Divulgação/UFMG

A UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) decidiu que pessoas que dedicaram suas vidas à aquisição, constituição e transmissão de conhecimentos tradicionais de relevância social e coletiva para suas comunidades, mesmo sem ter frequentado o universo acadêmico, poderão ser reconhecidas com o título de Notório Saber.

A decisão foi regulamentada recentemente pelo Conselho Universitário.

O título é equivalente ao doutorado e poderá ser dado a detentores de saberes de tradições indígenas, afro-brasileiras, quilombolas e outras oriundas das culturas populares. Pessoas que dominam saberes científicos, artísticos e culturais já presentes na Universidade, mas que desenvolveram sua trajetória fora da academia também poderão ser contempladas com a distinção.

De acordo com a resolução, os candidatos devem ser indicados aos colegiados dos cursos de pós-graduação que contemplem áreas de conhecimento equivalentes à do Notório Saber a ser avaliado.

O Notório Saber, no domínio dos saberes tradicionais, é adquirido ao longo de uma vida, predominantemente por meio da oralidade e com base em práticas, métodos e processos distintos daqueles da ciência ocidental.

Essa trajetória é registrada por meio de um memorial – de caráter descritivo, crítico e analítico – que visa documentar, de maneiras variadas, as biografias. O memorial, a formação e o percurso desenvolvido serão examinados por uma comissão de avaliação de mérito indicada pela Câmara de Pós-graduação. Essa comissão, que exercerá papel similar ao de uma banca de defesa de doutorado, reunirá cinco professores – ao menos dois deles serão de fora da instituição.

Últimas