Unicamp é a melhor universidade da América Latina em ranking internacional

Universidade Estadual de Campinas passou a USP, que era a melhor em 2016

Campus da Unicamp em Barão Geraldo, Campinas

Campus da Unicamp em Barão Geraldo, Campinas

Divulgação/Unicamp

A Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) aparece como a melhor instituição de ensino superior no Times Higher Education Latin America Rankings 2017, divulgado nesta quinta-feira (20).

Em segundo lugar está a USP (Universidade de São Paulo), que caiu uma posição em relação a 2016.

Phil Baty, editor dos rankings Times Higher Education, fala sobre o perfil das duas universidades paulistas. Ele afirma que ambas têm "qualidade internacional".

— A Universidade de São Paulo é a maior e mais tradicional das duas instituições, enquanto a Universidade Estadual de Campinas é menor e mais conhecida por ser especializada em pesquisas médicas e científicas. Essas duas universidades tão diferentes representam a diversidade e a excelência no setor do ensino superior do Brasil.

A Unicamp tem 26,9 mil alunos e três câmpus. A USP possui 83,2 mil estudantes e 11 campus. 

Também no topo da lista entre as instituições brasileiras está a Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), em sétimo lugar e sem classificação no ranking de 2016.

Ainda no Estado de São Paulo, estão a Unesp (12º lugar), a UFABC (14º) e a UFSCar (18º).

O ranking completo pode ser acessado aqui

Crise no Rio de Janeiro

A crise que atinge a UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e a UERJ (Universidade Estadual do Rio de Janeiro) fez com que elas caíssem no ranking.

A UFRJ caiu de 5ª para 8ª colocada. Já a UERJ, passou da 20ª para a 24ª posição. A Universidade Federal Fluminense, que estava entre as 30 melhores no ano passado, também perdeu posições.

América do Sul

A Pontifícia Universidade Católica do Chile e a Universidade do Chile são a 3ª e a 4ª colocada, respectivamente. A Universidade dos Andes, na Colômbia, aparece na 5ª posição.