USP e Unesp anunciam suspensão das aulas por causa de coronavírus

Decisão do Conselho de Reitores, anunciada na sexta-feira (13), segue novos recomendações do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde

Universidades ainda vão avaliar data de retorno

Universidades ainda vão avaliar data de retorno

Ícaro Limaverde/Estadão Conteúdo

A USP (Universidade de São Paulo) e a Unesp (Universidade Estadual Paulista) vão suspender as aulas a partir de terça-feira (17). A decisão, anunciada na sexta-feira (13), segue novos recomendações do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado da Saúde para minimizar o poder de transmissão do novo coronavírus

De acordo com o Cruesp (Conselho de Reitores das Universidades Estaduais Paulistas), "a situação será avaliada continuamente e a data de retorno das aulas presenciais será divulgada oportunamente".

Os cursos das áreas de saúde, tais como medicina e enfermagem, não serão afetados pela decisão. A ideia é que esses estudantes possam contribuir com ações que visam a "contenção da epidemia" nas regiões em que as instituições de ensino estão localizadas. A recomendação é que esses alunos procurem mais informações direto nas unidades em que estudam. 

As universidades seguem a Unicamp (Universidade de Campinas), que na quinta-feira (12), já havia suspendido todas as atividades até o dia 29 de março devido a pandemia de coronavírus