Vestibular: UERJ suspende calendário até o fim do isolamento

Novas das serão divulgadas quando forem encerradas as medidas estabelecidas como forma de prevenção ao novo coronavírus

Vestibular foi suspenso na Uerj

Vestibular foi suspenso na Uerj

Fernando Frazão/Agência Brasil/31.03.2020

A Pró-Reitoria de Graduação da Uerj (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) anunciou na segunda-feira (30) que o calendário do Vestibular Estadual 2021 será substituído. Um novo calendário será divulgado quando forem encerradas as medidas de isolamento social, estabelecidas por decretos estaduais como forma de prevenção ao novo coronavírus.

A decisão suspende a realização do 1º Exame de Qualificação, que seria aplicado no início de junho. No vestibular estadual do Rio de Janeiro, os candidatos têm dois exames de qualificação com questões objetivas para obter nota mínima e seguir para a segunda fase, que é discursiva. O desempenho nos exames de qualificação também garante pontos extras para a nota final do Exame Discursivo.

O cronograma do Vestibular 2021 estava em andamento, já que o prazo para pedir isenção da taxa de inscrição do 1o Exame de Qualificação terminou em 13 de março. O resultado dos pedidos seria divulgado em 8 de abril.

O Vestibular Estadual do Rio de Janeiro seleciona os candidatos a vagas de graduação na Uerj e ao curso de formação de oficiais da Academia de Bombeiro Militar D. Pedro II, do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro.

O Estado do Rio de Janeiro está sob medidas de isolamento social desde 16 de março, quando começou a valer a suspensão de aulas nas redes pública e privada. As medidas foram gradativamente ampliadas, até determinarem o fechamento do comércio em 24 de março. As restrições ao funcionamento de diversos estabelecimentos terminariam hoje, mas foram renovadas ontem por mais 15 dias.

A Secretaria Estadual de Saúde do Rio recomenda que as pessoas saiam de casa apenas para comprar bens essenciais ou buscar atendimento médico, já que especialistas consideram que o isolamento social é uma das principais formas de conter a disseminação do coronavírus.

A doença é transmitida facilmente por meio do contato com gotículas que uma pessoa doente pode liberar ao espirrar, tossir, falar ou respirar. Essas gotículas carregam o vírus e também podem deixar superfícies e objetos contaminados, o que requer cuidados de higiene constantes.

Para evitar o contágio, é preciso lavar as mãos com água e sabão ou álcool 70% sempre que tocar em um local possivelmente contaminado, e não encostar no rosto antes fazer essa higienização