Einstein demite responsável por erro

Agência Estado

O Hospital Albert Einstein informou na quinta-feira, 26, a demissão do funcionário responsável pelo vazamento das senhas de sistemas federais que violou a privacidade de 16 milhões de pacientes. Segundo o hospital, o colaborador havia arquivado informações de acesso a determinados sistemas sem a proteção adequada.

Ele era contratado para prestar serviços ao Ministério da Saúde e estava em Brasília. "Estas informações foram removidas imediatamente e o fato comunicado ao Ministério da Saúde para que fossem tomadas medidas que assegurassem a proteção das referidas informações", disse.

O Einstein já havia comunicado ter aberto investigação interna. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Últimas