Você está aqui: Página Inicial / Notícias

Notícias

Eleição de Haddad fortalece PT para 2014, dizem especialistas

Novamente na prefeitura, partido ganha força para tentar eleger governador do Estado e trabalhar pela reeleição de Dilma Rousseff

A- A+

A eleição do candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, com vitória sobre o rival José Serra, do PSDB, fortalece o partido para brigar em 2014 tanto pela Presidência da República quanto pelo governo do Estado de São Paulo. A avaliação de especialistas é de que a legenda, após dois mandatos fora do cargo, volta à gestão da maior cidade da América Latina e vai mais forte para as próximas eleições majoritárias, daqui a dois anos.

Na avaliação de Marco Antônio Carvalho Teixeira, professor de ciências políticas da FGV (Fundação Getulio Vargas), a vitória de Haddad e do PT dá ainda mais musculatura à sigla por ter sido sobre o PSDB, tradicional adversário do partido.

— Fortalece, afinal você está chegando na prefeitura da maior cidade do País, e derrotou seu principal adversário político, que não é um adversário comum, que já foi derrotado duas vezes pelo PT na disputa pela Presidência da República.

Leia mais notícias no R7 Eleições

Teixeira vê na vitória de Haddad um passo grande dado pelo partido na direção da disputa pelo governo do Estado de São Paulo. Ele acredita que a legenda pode seguir apostando em nomes sem um histórico de administração política, uma vez que os resultados colhidos com Dilma Rousseff e Haddad deram resultados. O cientista político acredita que o partido caminha para apresentar o atual ministro da Saúde, Alexandre Padilha, como provável candidato ao governo do Estado.

A professora Maria do Socorro Souza Braga, do departamento de Ciência Política da USP, entende que a vitória de Haddad garante ao PT uma maior penetração junto ao eleitorado. Sobretudo levando-se em conta a vitória do partido em cidades do Estado.

— A vitória do PT em São Paulo, pelo que acumula nas outras cidades, faz com que o partido passe a ser a legenda com maior capilaridade. Em termos de significado político, é a melhor fase do PT.

O que credencia a legenda, na visão da especialista, para entrar forte na briga pela Presidência da República, em uma possível reeleição de Dilma, e no trabalho para fazer o próximo governador paulista, uma ideia já trabalhada há tempos pelo PT.

— [A eleição de Haddad] Significa também que [o partido] acaba tendo um trunfo muito importante que é manter a Dilma em 2014 no governo federal e ter maior força para conseguir o governo do Estado em São Paulo.