Eleições 2014 Com eleição mais disputada em 30 anos, vitória em PE, MG e RJ garantem reeleição de Dilma

Com eleição mais disputada em 30 anos, vitória em PE, MG e RJ garantem reeleição de Dilma

Petista absorve votos de Marina em reduto de Eduardo Campos. PSDB avança no DF

Com eleição mais disputada em 30 anos, vitória em PE, MG e RJ garantem reeleição de Dilma

Dilma Rousseff e Lula após a vitória

Dilma Rousseff e Lula após a vitória

Estadão Conteúdo

Três Estados foram decisivos para a vitória de Dilma Rousseff (PT) sobre Aécio Neves (PSDB) nas eleições deste fim de semana: Minas Gerais, Rio de Janeiro e Pernambuco.

Em Pernambuco, onde Marina Silva (PSB) havia vencido no primeiro turno, a petista absorveu boa parte dos votos da concorrente e impôs uma diferença de 40 pontos percentuais ao tucano.

Em números absolutos, a presidente teve 1.977.285 votos a mais que Aécio, o que representa cerca de 60% da vantagem conquistada por ela no País inteiro. Em todo o Estado, Dilma só perdeu em um município: Taquaritinga do Norte.

Em Minas, segundo colégio eleitoral do País e berço político do tucano, a petista manteve a dianteira, ainda que estreita, conquistada no primeiro turno, graças aos votos do norte do Estado e do Triângulo Mineiro. No total, a presidente teve no Estado 550.425 votos de vantagem.

No Rio de Janeiro, quarto maior colégio eleitoral do País com 12,1 milhões de votantes, Dilma também conquistou boa parte dos votos de Marina Silva (PSB), que recebeu 31,07% dos votos no primeiro turno.

No segundo turno, Dilma teve 54,94% dos votos no Estado contra 45,06% de Aécio Neves. Foram 4,4 milhões de votos para a petista contra 3,6 milhões do tucano — diferença de mais de 800 mil votos. No primeiro turno, com Marina em cena, a petista havia conquistado 35,62% contra 26,93% de Aécio.

No Nordeste, o PT manteve a hegemonia. No Ceará, no Piauí, no Rio Grande do Norte e em Sergipe, Dilma venceu em todas as cidades.

Leia mais notícias de eleições

Entre o primeiro e o segundo turno, Dilma também sofreu revezes. O maior deles foi no Rio Grande do Sul, onde havia saído vitoriosa no primeiro turno e foi superada por Aécio na votação deste domingo (26). No Acre, outro Estado em que Marina ficou na primeira colocação no primeiro turno, o tucano superou a petista em 104.608 votos.

Desde 2002, o PT vem perdendo terreno ante o PSDB. Na primeira eleição de Lula, o partido havia vencido em 26 das 27 unidades da Federação. O número foi se reduzindo a cada eleição. Desta vez, os petistas foram vitoriosos em apenas 15 Estados, considerando sempre os resultados do segundo turno.

Em relação à última eleição, Dilma perdeu a hegemonia no Distrito Federal.

    Access log