PMDB cresce e elege 7 governadores de Estado, contra 5 de PT e PSDB

Número de partidos que elegeu governadores é o maior desde 1990

Do R7

A vitória de Ivo Sartori (centro) no Rio Grande do Sul foi um dos destaques do PMDB nas eleições estaduais
A vitória de Ivo Sartori (centro) no Rio Grande do Sul foi um dos destaques do PMDB nas eleições estaduais 26.10.2014/DANIEL TEIXEIRA/ESTADÃO CONTEÚDO

Assim como ocorreu no Congresso nacional, a eleição para governadores de Estado chega ao final com um maior número de partidos eleitos, na comparação com a eleição de quatro anos atrás. Em 2014, um total de nove legendas conseguiu eleger governadores, contra seis em 2010.

E, mais uma vez repetindo o que acontece na Câmara dos Deputados e no Senado, o grande vencedor é o PMDB.

O partido do vice-presidente da República, Michel Temer, reeleito neste domingo (26), conquistou o governo de sete Estados (dois a mais que 2010): Alagoas, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Sergipe e Tocantins.

Em seguida estão empatados PT e PSDB, partidos dos dois candidatos que disputaram à Presidência, com cinco vitórias estaduais cada.

O PSB, que conquistou seis vitórias em 2010, elegeu dessa vez três governadores.

O PDT, que não elegia um governador desde 2006, conquistou dois, assim como o PSD, fundado em 2011 e que participou de seu primeiro pleito.

Com a vitória em apenas uma unidade federativa estão PC do B, PROS e PP.

Com exceção do PSB e do PSDB, que juntos venceram em oito Estados, todos os outros partidos que elegeram governadores fazem parte da coligação de reeleição da presidente Dilma Rousseff.

Abaixo, veja como fica a distribuição por partidos e compare com o resultado de 2010.

  • Espalhe por aí:
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!
Access log