Bolsonaro critica Folha de S.Paulo e avisa: "Mamata vai acabar"

Candidato à presidência pelo PSL disse que as informações divulgadas pelo jornal paulista são "tendenciosas" e "menos sérias que uma revista de piada"

Bolsonaro crítica jornal Folha de S. Paulo

Bolsonaro crítica jornal Folha de S. Paulo

Bolsonaro crítica jornal Folha de S. Paulo

Rommel Pinto/ Futura Press/ Estadão Conteúdo - 21.10.2018

O candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, fez duras críticas ao jornal "Folha de São Paulo" em sua conta no Twitter na manhã desta quarta-feira (24).

Bolsonaro afirmou que a “mamata vai acabar”. Também disse que as informações divulgadas pelo veículo são “tendenciosas” e “menos sérias que uma revista de piada”.

Reportagem publicada pelo jornal nesta quarta-feira indica que a reforma tributária proposta pela equipe econômica de Bolsonaro deve provocar um "rombo de R$ 27 bilhões” no orçamento federal.

“A mamata da folha de são paulo vai acabar, mas não é com censura não! O dinheiro público que recebem para fazer ativismo político vai secar, e mais, com sua credibilidade no ralo com suas informações tendenciosas são menos sérias que uma revista de piada!”, escreveu hoje o candidato.

Na semana passada, a "Folha" também publicou reportagem denunciando um possível financiamento de empresários ligados ao presidenciável e o envio de notícias falsas pelo Whatsapp.