Eleições 2018 Bolsonaro: delação de Palocci é uma “bomba atômica” em cima do PT

Bolsonaro: delação de Palocci é uma “bomba atômica” em cima do PT

Candidato à Presidência pelo PSL disse que o partido "mergulhou o Brasil na mais absoluta corrupção"

Bolsonaro

Bolsonaro se manifestou por uma rede social

Bolsonaro se manifestou por uma rede social

Reprodução/Facebook

Em transmissão de vídeo feita ao vivo em sua conta no Facebook nesta segunda-feira (1º), o candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro, comentou a delação premiada do ex-ministro Antonio Palocci e classificou a divulgação de "bomba atômica".

Na delação firmada com a Polícia Federal, Palocci afirma, entre outras coisas, que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ordenou no início de 2010 que a Petrobras encomendasse a construção de 40 sondas e que recursos ilícitos arrecadados pela estatal fossem usados na campanha eleitoral de Dilma Rousseff naquele ano.

"É mais uma bomba atômica em cima desse partido que mergulhou o Brasil na mais absoluta corrupção", disparou Bolsonaro no vídeo, feito ao lado do filho Flávio, candidato a uma vaga no Senado pelo Rio de Janeiro.

Delação de Palocci prevê redução de pena e devolução de R$ 37 milhões

Ao final, Bolsonaro disse que a população não se aguenta mais um "ciclo de PT e PSDB". "Será o fim do Brasil", avaliou.

O sigilo de trechos da delação de Palocci foi retirado nesta segunda pelo juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância em Curitiba. O primeiro turno da eleição acontece no próximo domingo. Palocci foi ministro da Fazenda no governo Lula e da Casa Civil na gestão Dilma.

    https://noticias.r7.com/eleicoes-2018