Eleições 2018 Exames mostram crescimento de bactéria no sangue de Bolsonaro

Exames mostram crescimento de bactéria no sangue de Bolsonaro

Não há sinais de infecção. Informação foi divulgada na tarde desta sexta-feira (28) em boletim médico enviado pelo hospital Albert Einstein

Bolsonaro internado

Bolsonaro está internado desde o dia 7 de setembro deste ano

Bolsonaro está internado desde o dia 7 de setembro deste ano

Reprodução/Twitter - 28.09.2018

O candidato do PSL ao Planalto, Jair Bolsonaro, apresentou um episódio isolado de febre nesta sexta-feira (28), segundo boletim médico divulgado pelo hospital Israelita Albert Einstein. Após a realização de exames laboratoriais, de cultura no sangue e urina, os médicos identificaram o crescimento de uma "bactéria de baixa virulência no sangue, sem focos de infecção no abdômen". 

"Baixa virulência" significa que a bactéria causa sintomas e sinais pouco preocupantes. Bolsonaro está sendo medicado e "mantém-se sem picos febris, sem alterações nos exames de imagem e com boa evolução clínica". 

Leia o boletim médico enviado pelo hospital:

"São Paulo, 28 de setembro de 2018.

O candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro,  apresentou um episódio isolado de elevação da temperatura (37,8°C), sem outros sintomas de infecção.

Foram coletados exames laboratoriais, de culturas no sangue e na urina, e realizados exames de imagem. Houve crescimento de uma bactéria de baixa virulência no sangue, sem focos de infecção no abdome. Está recebendo desde então antibioticoterapia.

O paciente mantém-se sem picos febris, sem alterações nos exames de imagem e com boa evolução clínica. Persiste com alimentação por via oral e, mantidas as condições clínicas atuais, há programação de alta para este final de semana". 

    https://noticias.r7.com/eleicoes-2018