Eleições 2020 "Aliança de 10 partidos vai conduzir Covas à vitória", afirma Doria

"Aliança de 10 partidos vai conduzir Covas à vitória", afirma Doria

Convenção do PSDB que vai oficializar o prefeito de SP como candidato à reeleição acontece neste sábado. Governador e vice acompanharam votos 

  • Eleições 2020 | Joyce Ribeiro, do R7

Ricardo Nunes, Bruno Covas, João Doria e Rodrigo Garcia em convenção do PSDB

Ricardo Nunes, Bruno Covas, João Doria e Rodrigo Garcia em convenção do PSDB

Divulgação / Governo de SP

O governador de São Paulo, João Doria, afirmou neste sábado (12) durante a votação dos delegados do PSDB que Bruno Covas, atual prefeito de São Paulo, tem toda a chance de ser reeleito e destacou a aliança em torno de sua candidatura: "É histórica a união com o PSDB. Somamos 10 partidos. É uma aliança fortalecida em torno do Bruno, que já demonstrou capacidade, serenidade, equilíbrio e conhecimento da cidade".

Veja mais: Vereador Ricardo Nunes, do MDB, será o candidato a vice de Covas

O governador, o prefeito, o candidato a vice de Covas, vereador Ricardo Nunes (MDB,) e o vice-governador paulista, Rodrigo Garcia, apareceram juntos no primeiro diretório do PSDB em São Paulo, na Vila Nova Manchester, zona leste da capital, na manhã deste sábado.

Doria se mostrou confiante com a aliança e destacou o fortalecimento da legenda em São Paulo. "Pessoalmente não tenho dúvida que essa soma de valores, de esforços, de partidos, vai conduzir o Bruno à vitória. A eleição em São Paulo é emblemática no plano nacional porque tem reflexo no país. É o maior colégio eleitoral urbano do Brasil", ressaltou o governador tucano. 

A aliança é importante também para aumentar o tempo de exposição do candidato na TV, uma vez que, durante a pandemia, esta será uma das estratégias dos partidos assim como as campanhas em redes sociais.

Leia também: Isolado, PT lança hoje Jilmar Tatto à Prefeitura de São Paulo

Convenção

O PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) oficializa neste sábado (12) a candidatura de Bruno Covas à reeleição. O partido vai consultar os 495 delegados em convenção mista - virtual e presencial.

Segundo o coordenador geral da campanha, Wilson Pedroso, anunciaram apoio à candidatura de Covas os partidos DEM, Podemos, MDB, PSC, Progressistas, PL, PROS, Cidadania e PV. 

Na convenção, os delegados também vão homologar a lista com os 83 nomes selecionados pelo partido, que irão disputar uma cadeira na Câmara Municipal nas eleições.

Veja ainda: Márcio França é confirmado candidato do PSB à Prefeitura de SP

Por causa da pandemia do novo coronavírus, a convenção tucana terá de respeitar o distanciamento social e evitar aglomeração. A legenda selecionou 18 endereços nas cinco regiões da capital para que os delegados dos 54 diretórios do partido possam votar presencialmente.

“O voto em papel será depositado nas urnas eleitorais, com sigilo garantido. Cada delegado irá assinar o livro da convenção, com isso estamos cumprindo rigorosamente as determinações da lei eleitoral”, afirmou Fernando Alfredo, presidente do Diretório Municipal do PSDB de São Paulo.

A convenção começa às 9h com a votação, que vai até às 14h. Depois será a cerimônia, mas o encontro virtual terá transmissão fechada.

Últimas