Eleições 2020 Assembleia de MG propõe medidas para estimular votos nas eleições

Assembleia de MG propõe medidas para estimular votos nas eleições

Órgão assinou acordo com o Tribunal Regional Eleitoral para divulgar as ações de segurança contra a covid-19 que vão ser adotadas no dia da votação

  • Eleições 2020 | Pablo Nascimento, do R7

Justiça eleitoral promete ações de segurança

Justiça eleitoral promete ações de segurança

Nelson Jr./ASICS/TSE - 14.07.2006

A ALMG (Assembleia Legislativa de Minas Gerais) firmou uma parceria com o TRE (Tribunal Regional de Minas Gerais), nesta quinta-feira (15), para desenvolver ações que estimulem a participação da população nas eleições deste ano.

A cooperação no projeto chamado de “Parceiros da Democracia” foi anunciada durante evento na sede da ALMG, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, nesta manhã.

Ao passar a fazer parte da iniciativa, a Assembleia se propõe a divulgar campanhas publicitárias que vão tirar dúvidas da população sobre o dia da votação e mostrar os cuidados que vão ser tomados pela Justiça Eleitoral para evitar a proliferação do novo coronavírus.

O deputado Agostinho Patrus (PV), presidente da Assembleia, avaliou que o risco de abstenção de votos é “preocupante”, tanto pelo cenário da pandemia, quanto pelo número de pessoas que já deixaram de votar em 2018.

— Sabíamos que o risco de abstenção é real pelo temor da população quanto à circulação e ida aos locais públicos. Por isto o TSE [Tribunal Superior Eleitoral] e nós vamos fazer este trabalho de levar informação e mostrar para as pessoas que não há risco de contaminação.

Segundo o desembargador Alexandre Victor de Carvalho, presidente do TRE-MG, além da ALMG, a Justiça Eleitoral já conta com o apoio do Governo de Minas Gerais, Cemig (Companhia de Energia Elétrica de Minas), Tribunal de Justiça de Minas Gerais e do Tribunal Regional do Trabalho.

— Nossa meta é que a abstenção não seja ampliada ou que ela seja reduzida.

Cuidados

Acordo foi assinado na sede da ALMG

Acordo foi assinado na sede da ALMG

Divulgação / ALMG

O desembargador Alexandre Victor explicou, ainda, que a Justiça Eleitoral planeja uma série de medidas para garantir a segurança de mesários e eleitores no dia da votação. Para atender as zonas eleitorais em Minas Gerais, o órgão comprou 161 mil litros de álcool em gel, 23 mil litros de álcool líquido 70%, 236 mil máscaras de acrílico e 200 mil adesivos para marcar as filas.

O presidente do TRE destacou, ainda, que a votação vai começar uma hora mais cedo, acontecendo das 7h às 17h para evitar aglomerações. A identificação por biometria não será usada neste ano. Além destas medidas, Carvalho destacou que ainda é importante o apoio da população.

— Pedimos que o eleitor saia de casa protegido, usando máscara. Sem máscara ele não entra na sessão eleitoral. E, se possível, vá sozinho e leve sua caneta.

Últimas