Eleições 2020 Justiça anula sentença que indeferiu chapa de Bruno Engler em BH

Justiça anula sentença que indeferiu chapa de Bruno Engler em BH

Partido tem três dias para se posicionar sobre o desentendimento interno e a definição da chapa; candidato a vice-prefeito de Engler continua indefinido

Bruno Engler (PRTB) continua sem candidato a vice

Bruno Engler (PRTB) continua sem candidato a vice

Divulgação/Viviane da Cunha

O TRE-MG (Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais) anulou, nesta quinta-feira (8), a decisão que havia indeferido a chapa do candidato a prefeitura de Belo Horizonte, Bruno Engler (PRTB), tendo como vice a Coronel Cáudia (PRTB).

A primeira decisão, proferida pela 39º Zona Eleitoral de Belo Horizonte no dia 29 de setembro, havia negado o registro da chapa, já que o nome de Bruno Engler já havia sido apresentado com outro vice, Mauro Quintão (PRTB). Com isso, o candidato a vice-prefeito na chapa de Engler continua indefinido.

Veja: Com 15 candidatos, BH terá eleição com maior número de postulantes

Segundo as informações do TRE, o processo deve retornar à 39º Zona Eleitoral e o partido terá três dias para se manifestar sobre o desentendimento interno e a definição do candidato a vice.

Entenda o caso

A convenção do PRTB havia indicado a chapa com Bruno Engler como candidato a prefeito e Mauro Quintão como candidato a vice. Durante a tarde do dia 26 de setembro, data-limite para o registro de candidaturas, Engler apresentou uma segunda chapa, tendo a Coronel Cláudia como vice.

O político mineiro alegou que teria feito um acordo com o presidente nacional do PRTB, Levy Fidelix, para poder escolher seu vice livremente, mas o diretório local não abriu mão de colocar Quintão na disputa.

A reportagem tentou entrar em contato com Bruno Engler e com o diretório mineiro do PRTB, mas ainda não obteve retorno.

*Estagiário do R7 sob a supervisão de Flavia Martins y Miguel

Últimas