Eleições 2020 Martha Rocha vota no Rio e diz ter esperança de 2º turno

Martha Rocha vota no Rio e diz ter esperança de 2º turno

De acordo com pesquisas de intenção de voto, a ex-delegada está empatada tecnicamente na segunda colocação com Crivella e Benedita da Silva

  • Eleições 2020 | Do R7, com informações da Agência Estado

Martha Rocha votou neste domingo por volta das 11h

Martha Rocha votou neste domingo por volta das 11h

Record TV

A deputada estadual e candidata a prefeita do Rio de Janeiro Martha Rocha (PDT) votou na manhã deste domingo (15) em sua sessão eleitoral na Escola Municipal General Euclydes de Figueiredo, na Tijuca.

Leia mais: Eduardo Paes vota neste domingo (15) em São Conrado, no Rio

Rocha tenta uma vaga no segundo turno. De acordo com pesquisas de intenção de voto, a ex-delegada está empatada tecnicamente na segunda colocação com o prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) e com Benedita da Silva (PT). O ex-prefefito Eduardo Paes (DEM) lidera a disputa. 

Veja também: Marcelo Crivella vota na Barra da Tijuca neste domingo (15)

"Melhores e maiores expectativas. Há uma indefinição e uma profunda rejeição ao atual prefeito", apontou. "As pesquisas estão divergentes, o segundo lugar não está definido e eu tenho convicção de que tudo o que vivi nas ruas me dá esperanças de estar no segundo turno."

Martha ficou na frente de Benedita nas pesquisas durante quase todo o período eleitoral. Ontem, contudo, os maiores institutos do País mostraram tendências distintas. No Datafolha, ela continua como a candidata com mais chances de tirar o prefeito Marcelo Crivella do segundo turno. No Ibope, contudo, a petista aparece na frente dela. Ambas pontuam entre 10% e 15% dos votos válidos nos levantamentos.

Deputada estadual de segundo mandato, a pedetista foi a primeira mulher a chefiar a Polícia Civil do Rio. Durante a campanha, ressaltou o histórico como delegada, cargo que inseriu no nome de urna. Ao votar neste domingo, estava acompanhada do marido, Eduardo Moreira.

Apesar de ser uma das principais apostas do PDT neste ano nas grandes capitais, Martha evitou nacionalizar a campanha e pouco citou o ex-presidenciável Ciro Gomes, que teve votação expressiva no Rio em 2018.

Saiba as tecnologias que serão utilizadas para otimizar as eleições

Últimas