Eleições 2020 PF apreende 10 mil cestas básicas e investiga uso eleitoral em Roraima

PF apreende 10 mil cestas básicas e investiga uso eleitoral em Roraima

O inquérito indica que haveria a intenção de se utilizar programas de assistência do governo estadual, como a distribuição de cestas e kits

Cestas básicas apreendidas em depósito em Boa Vista (RR)

Cestas básicas apreendidas em depósito em Boa Vista (RR)

Divulgação/PF

A Polícia Federal apreendeu neste sábado (14) cerca de dez mil cestas básicas e dez mil kits de higiene, em um depósito em Boa Vista (RR) para suposto uso político eleitoral, além de documentos que indicam que o valor total das compras poderia ultrapassar R$ 35 milhões.

Leia também: PGR recebe denúncias de 96 casos de fraudes eleitorais na internet

O inquérito policial indica que haveria a intenção de se utilizar programas de assistência do governo estadual de Roraima, como a distribuição de cestas básicas e kits de higiene, como forma de pagamento por votos no pleito eleitoral, vinculando o cadastramento para recebimento das ações à garantia do voto conforme determinado.

Leia também: Denúncias em campanhas eleitorais podem ser feitas pelo App Pardal

A apreensão ocorreu durante o cumprimento de dois mandados de busca e apreensão, em depósito de Boa Vista (RO), expedidos pela 1ª Zona Eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral de Roraima, após representação da Polícia Federal e manifestação favorável do Ministério Público Eleitoral.

A ação é um desdobramento das diligências realizadas no dia 8 de novembro, quando a PF recebeu denúncia de eventuais irregularidades no âmbito eleitoral, que ocorreriam nas dependências físicas de um órgão público estadual.

As investigações encontraram anotações e referências nos cadastros, bem como listas com dados de eleitores e indicação de predileções eleitorais, no órgão público durante ação no último domingo.

Últimas