PSDB vai oficializar candidatura de Covas com apoio de 9 partidos

Convenção será realizada de forma virtual e presencial neste sábado. Aliança tem DEM, Podemos, MDB, PSC, Progressistas, PL, PV, PROS e Cidadania

Bruno Covas será candidato à reeleição em SP

Bruno Covas será candidato à reeleição em SP

Reprodução / Instagram

O PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira) vai oficializar neste sábado (12) a candidatura de Bruno Covas, atual prefeito de São Paulo, à reeleição. O partido vai consultar os 495 delegados em convenção mista - virtual e presencial.

Segundo o coordenador geral da campanha, Wilson Pedroso, já são nove os partidos que compõem a aliança: "Anunciaram apoio à candidatura de Bruno Covas: DEM, Podemos, MDB, PSC, Progressistas, PL, PROS, Cidadania e PV. É o maior arco de alianças da eleição municipal deste ano reunindo todos por São Paulo".

Leia mais: PSB vai oficializar candidatura de Márcio França nesta sexta

Na convenção, os delegados também vão homologar a lista com os 83 nomes selecionados pelo partido,que irão disputar uma cadeira na Câmara Municipal nas eleições.

Por causa da pandemia do novo coronavírus, a convenção tucana terá de respeitar o distanciamento social e evitar aglomeração. A legenda selecionou 18 endereços nas cinco regiões da capital para que os delegados dos 54 diretórios do partido possam votar presencialmente. 

Veja também: Covas e Russomanno lideram disputa em SP, diz pesquisa

“O voto em papel será depositado nas urnas eleitorais, com sigilo garantido. Cada delegado irá assinar o livro da convenção, com isso estamos cumprindo rigorosamente as determinações da lei eleitoral”, afirmou Fernando Alfredo, presidente do Diretório Municipal do PSDB de São Paulo.

A convenção começa às 9h com a votação, que vai até às 14h. Depois será a cerimônia com a proclamação da candidatura de Bruno Covas à Prefeitura de São Paulo. O encontro virtual terá transmissão fechada.