Eleições 2020 SP: Covas tem 33%, França, 14% e Russomano e Boulos, 13%

SP: Covas tem 33%, França, 14% e Russomano e Boulos, 13%

Levantamento do instituto Realtime Big Data, encomendado pela Record TV mostra ainda Tatto com 8% e, em seguida, Arthur do Val com 5%

Covas, França, Russomano e Boulos numericamente à frente na disputa em SP

Covas, França, Russomano e Boulos numericamente à frente na disputa em SP

Montagem/Divulgação - 13.11.2020

O candidato à reeleição na cidade de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), lidera a disputa eleitoral no 1º turno com 33% das intenções de voto na pesquisa estimulada, de acordo com levantamento do instituto Real Time Big Data. 

Confira as principais notícias sobre as Eleições 2020 em todo o Brasil

O segundo colocado é Márcio França (PSB), com 14% dos votos, seguido por Celso Russomano (Republicanos) e Guilherme Boulos (PSOL), empatados com 13%. Na quarta colocação, está Jilmar Tatto, com 8%. Esses quatro candidatos estão empatados dentro da margem de erro da pesquisa.

Depois, aparece por Arthur do Val Mamãe Falei (Patriota), com 5%. Andrea Matarazzo (PSD) e Joice Hasselman (PSL) vêm atras, com 1% cada. Orlando Silva (PCdoB), Marina Helou (Rede, Levy Fidelix (PRTB), Antonio Carlos (PCO) e Vera Lúcia (PSTU) não pontuaram. Votos brancos e nulos somam 6%. Eleitores que não sabem ou não responderam também ficaram em 6%.

Leia também: Campanhas virtuais de candidatas negras são as mais subfinanciadas, diz estudo
 

Resultados em votação estimulada

Resultados em votação estimulada

Reprodução

A pesquisa, encomendada pela Record TV, entrevistou 1.000 eleitores entre 11 e 12 de novembro. O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerada a margem de erro, de 3 pontos percentuais para mais ou menos.

O levantamento foi registrado no Tribunal Regional Eleitoral sob o protocolo SP-09053/2020.

Votação espontânea

Na votação espontânea, Covas mantém a liderança, com 23%, seguido por Boulos, com 11%, Russomano e França, com 10% e Tatto com 5%. Arthur do Val Mamãe Falei tem 3% e Andrea Matarazzo, 1%. Outros candidatos somaram 2%. Votos brancos e nulos somaram 13%. Eleitores que não sabem ou não responderam chegaram a 22%.

Segundo turno

Em uma projeção de segundo turno entre Covas e Russomano, o tucano aparece com 52% das intenções de voto, contra 22% do candidato do Republicanos. Brancos e nulos totalizaram 18% e eleitores que não sabem ou não responderam, 8%.

Veja também: Candidatos casados são maioria nas Eleições 2020

Em uma possível disputa entre Covas e Boulos, o atual prefeito alcançaria 53% dos votos, enquanto o candidato do PSOL teria 24%. Votos brancos e nulos corresponderiam a 17% e eleitores que não sabem ou não responderam, a 6%.

No cenário em que Covas e França se enfrentam, o candidato à reeleição diminui a vantagem e fica com 46% das intenções de voto, enquanto do concorrente do PSB leva 36%. Votos brancos e nulos somaram 11% e eleitores que não sabem ou não responderam, 7%.

Rejeição

A rejeição é liderada por Russomano, com 22%, seguido por Covas, com 16%, Boulos com 15%, Hasselman com 10%, Tatto, com 9% e França com 7%. Mamãe Falei tem 3% e Matarazzo, 2%. Levy Fidelix e Orlando Silva somam 1% cada. Marina Helou, Antonio Carlos e Vera Lúcia não pontuaram. 

Últimas