Eleições 2022 Cúpula do PT quer apensar PEC da Transição em outra proposta para acelerar aprovação 

Cúpula do PT quer apensar PEC da Transição em outra proposta para acelerar aprovação 

O presidente eleito Lula e lideranças petistas discutem com as presidências do Senado e da Câmara qual o melhor texto para garantir créditos extras 

  • Eleições 2022 | Bruna Lima, Do R7, em Brasília

Rogério Tomaz/Assessoria Alencar Santana

Com o objetivo de acelerar a tramitação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Transição, parlamentares petistas articulam aprovar os créditos extras para cumprir as promessas de campanha do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), por meio de uma proposta com discussão mais avançada no Congresso.

A ideia é modificar o texto de uma outra PEC que já passou por comissões e que libere recursos suficientes para bancar o auxílio de R$ 600 com os R$ 150 a mais por filho de até 6 anos.

O líder do PT na Câmara, Reginaldo Lopes (MG), afirmou que uma das possibilidades é modificar o texto de uma PEC que já passou pelas comissões da Casa e que, originalmente, libera recursos para universidades.

“Agora é fechar os detalhes, o texto, construir o caminho da PEC”, disse Lopes. Segundo ele, ao aproveitar um texto já em tramitação, será possível adiantar a discussão e a expectativa é o texto nas duas Casas ainda em novembro. “No Senado resolve em 3,4 dias; na Câmara já tem PEC, então vamos resolver isso até o final de novembro”, previu.

No entanto, a expectativa é que o texto comece a tramitar pelo Senado, como afirmou o líder do PT no Senado, Paulo Rocha (PA). “Com certeza se iniciará no Senado”, cravou.

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) também ressaltou que a ideia é começar pelo senado. “Estou otimista que a gente aprove”. Na avaliação do parlamentar, a tendência é que o relator seja o senador Marcelo Castro (MDB-PI), o mesmo do Orçamento, “mas isso vamos discutir com o presidente”, completou.

Pela manhã desta quarta-feira (9), Lula se reuniu com o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) para discutir os caminhos para garantir mais recursos não previstos pela proposta da Lei Orçamentária Anual (LOA). À tarde foi a vez da reunião com Pacheco (MDB-MG).

Últimas