Eleições 2022 Haddad diz que não vai privatizar a Sabesp se for eleito governador de SP

Haddad diz que não vai privatizar a Sabesp se for eleito governador de SP

Candidato do PT critica possibilidade de entregar empresa ao setor privado e diz que isso pode encarecer conta de água

  • Eleições 2022 | Do R7, em Brasília

Sabatina com Fernando Haddad, candidato do PT ao Governo de São Paulo

Sabatina com Fernando Haddad, candidato do PT ao Governo de São Paulo

Edu Garcia/R7 - 05.08.2022

O candidato do PT ao Governo de São Paulo, Fernando Haddad, disse nesta sexta-feira (5), em entrevista à Record TV, que não vai privatizar a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) caso vença as eleições. Haddad foi o último entrevistado na série de sabatinas que a emissora realizou com os nomes lançados ao Governo de São Paulo.

"É uma péssima ideia. Se meus adversários conseguirem vender a Sabesp, vão botar a mão em muito dinheiro e a sua conta de água vai subir. A Sabesp já é uma empresa de capital aberto, tem ação na Bolsa de Valores e pode fazer tudo o que uma empresa privada pode. Não precisa vender. Se vender, vamos estar privatizando a água, que é um bem essencial", explicou o candidato.

Além disso, Haddad afirmou que, se eleito, logo na primeira semana à frente do Palácio dos Bandeirantes vai lançar programas de combate à miséria no estado de São Paulo. "A miséria hoje afeta, só na cidade de São Paulo, 40 mil pessoas em situação de rua. No estado, são 100 mil pessoas em situação de rua. São Paulo é o estado mais rico da Federação. É inadmissível a omissão dos governos, sobretudo o do estado, em relação à miséria."

Veja na entrevista completa outros projetos apresentados pelo político.

Últimas