Notícias Estado do Rio registra dois feminicídios em 12 horas

Estado do Rio registra dois feminicídios em 12 horas

Agência Estado

Duas mulheres foram mortas em um intervalo de 12 horas, no Estado do Rio de Janeiro, na última segunda-feira (4). Em Teresópolis (Região Serrana), uma mulher de 29 anos foi morta pelo ex-marido, que também tentou se suicidar, segundo a polícia. Em Paraty (Costa Verde fluminense), uma adolescente de 14 anos foi morta a tiro, e a polícia também trata o caso como feminicídio (assassinato de uma mulher em razão da condição de sexo feminino, envolvendo violência doméstica ou familiar e/ou menosprezo ou discriminação à condição de mulher).

Por volta das 23h15, Natália da Silva Fonseca de Souza foi morta a tiros na frente da filha de 11 anos, em sua casa, no Jardim Feo, na região de Barra do Imbuí, em Teresópolis. O ex-marido da vítima, Alexsandro Fonseca de Souza, apontado pela polícia como autor do crime, tentou se matar, mas sobreviveu. Ele foi socorrido e está internado, sob custódia, em estado grave.

Segundo familiares, o casal estava separado havia três meses, mas Souza estava inconformado com a separação. Natália, que era formada em Serviço Social, havia assumido um novo relacionamento, e esse atual namorado foi quem chamou a polícia. Ele foi avisado sobre o crime pela própria vítima, que enviou mensagem pelo Whatsapp pedindo socorro.

Após a separação, Natália havia solicitado à Justiça medida protetiva contra o ex-marido. No segundo semestre de 2020, ela havia registrado três boletins de ocorrência contra o marido, por ameaça, lesão corporal e estupro.

Praticamente 12 horas antes, às 11h40, uma adolescente de 14 anos foi baleada no bairro do Condado, em Paraty. Ela chegou a ser socorrida, mas morreu no Hospital Municipal Hugo Miranda. A polícia identificou um suspeito, que teria envolvimento com o tráfico de drogas, mas as investigações estão em sigilo.

Últimas