Fala Brasil Morte de Stephen Hawking deixa um vazio para a ciência

Morte de Stephen Hawking deixa um vazio para a ciência

O físico inglês é considerado um dos cientistas mais renomados do mundo e o mais popular desde Einstein. O homem dono de uma das mentes mais brilhantes da história sofria a décadas de esclerose lateral amiotrófica, uma doença degenerativa que causa a morte dos neurônios motores, responsáveis pelos movimentos do corpo. Stephen morreu aos 76 anos por causa ainda não revelada e deixa um grande legado para a comunidade científica.

    Access log