Hora 7 Aposentado é morto por javali gigante de 120 kg que adotou para não viver sozinho

Aposentado é morto por javali gigante de 120 kg que adotou para não viver sozinho

O tailandês adotou o animal quando ele era filhote, mas foi furado pelas presas do mamífero, que acabou morto por vizinhos

  • Hora 7 | Do R7

Resumindo a Notícia

  • Um aposentado tailandês foi morto pelo javali que criava desde filhote
  • O animal era considerado pacífico e teve um ataque de fúria por motivos não revelados
  • O idoso ficou com dois ferimentos grandes na coxa e sangrou até morrer
  • O animal foi morto por vizinhos, que ficaram com medo da fúria dele
O javali acabou morto por vizinhos, que ficaram com medo da fúria dele

O javali acabou morto por vizinhos, que ficaram com medo da fúria dele

Reprodução/Daily Star

Um morador solitário de uma vila da Tailândia foi morto por um javali que ele criava como um animal de estimação. Amnuay Suriwong tinha 68 anos e foi encontrado em 24 de novembro, perto da casa dele, em uma poça de sangue em frente.

Segundo os vizinhos, Amnuay tentava colocar o animal em um cercado, quando as coisas começaram a sair do controle.

O javali se revoltou e começou a acertá-lo com as presas afiadas, enquanto o aposentado gritava por ajuda.

Amnuay ainda conseguiu deitar em um banco de madeira, onde acabou por morrer pouco antes da chegada dos médicos. Com medo da fúria assassina, os vizinhos mataram o javali a tiros.

A autópsia do aposentado não chegou a ser divulgada, mas a imprensa local afirmou que ele provavelmente sangrou até morrer, principalmente por duas grandes feridas na coxa.

Os moradores afirmaram que o animal era criado pelo aposentado desde que era um filhote, e jamais tivera acessos de raiva do tipo antes do episódio mortal.

LEIA TAMBÉM: Humphrey, o hipopótamo 'gigante e gentil' que matou o próprio dono

Mas seu crescimento era considerado preocupante. O pet gigante chegou a ter 120 kg, passeava nas proximidades e era deixado em um cercado quando anoitecia.

Durian Suriwong, irmã da vítima, afirmou que ele adotou o animal "na esperança de ter uma companhia".

"Ele cria o javali desde pequeno. Era muito manso e nunca fez mal a ninguém. Até os vizinhos traziam verduras para ele comer", disse Durian, em entrevista à agência de conteúdo VIralPress.

Os parentes de Amnuay não solicitaram investigações adicionais e a polícia considerou o caso encerrado.

LEIA ABAIXO: Estudo detecta híbridos radioativos de porcos e javalis em Fukushima

Últimas