Hora 7 Aventureiro se livra de ataque de onça-parda com urro improvisado

Aventureiro se livra de ataque de onça-parda com urro improvisado

Homem fazia trilha nos arredores de Los Angeles quando foi atacado pelo felino selvagem, que depois se escondeu

  • Hora 7 | Filipe Siqueira, do R7

Resumindo a Notícia

  • Um aventureiro precisou improvisar para se livrar do ataque de uma onça-parda
  • O felino perseguiu o sujeito e depois tentou atacá-lo na trairagem, pelas costas
  • Mas o aventureiro improvisou e soltou um urro improvisado, que assustou o predador
  • Para garantir que o bicho ficasse escondido, o homem ainda urrou de novo
Felino selvagem perseguiu e depois tentou atacar aventureiro

Felino selvagem perseguiu e depois tentou atacar aventureiro

Reprodução/YouTube/ViralHog

Um aventureiro precisou improvisar ao encarar a natureza selvagem mais do que gostaria. Ele teve de urrar para espantar uma onça-parda que ameaçou atacá-lo durante uma trilha.

O homem — que não foi identificado — fazia uma trilha diurna nos arredores de Los Angeles (EUA), no último sábado (8).

Mas o momento de contato com a natureza é interrompido pela presença de uma onça-parda, que rugiu para ele.

O aventureiro, sem ter muito o que fazer, devolveu na mesma moeda e soltou o melhor urro que conseguiu.

Como reação imediata, o felino selvagem se escondeu nos arbustos da montanha. O homem soltou um segundo urro improvisado para garantir que ele ficasse por lá.

"Fui perseguido por uma onça-parda, então corri e a assustei com um urro no último minuto", descreveu o homem ao compartilhar a gravação com o canal ViralHog.

Pelo tamanho, o felino parece ser um filhote ainda entrando na idade adulta. Nos comentários, muitos elogiaram a atitude e disseram que berrar e abrir os braços é a melhor forma de lidar com esse tipo de embate.

Outros afirmaram que o homem teve sorte.

"Gato juvenil. Um macho adulto o teria matado. Gato jovem e inexperiente", foi um comentário, que não é verdadeiro, uma vez que apenas três mortes resultantes de ataques da espécie a humanos foram registradas na Califórnia, de 1986 a 2004.

Às vezes, uma onça-parda só quer dormir sossegada, como comprovou esta, que foi flagrada dormindo no sofá de uma casa nos Estados Unidos. Relembre a história abaixo!

Últimas