Hora 7 Caçador quase pisa em crocodilo camuflado. Consegue achá-lo?

Caçador quase pisa em crocodilo camuflado. Consegue achá-lo?

Réptil mortal usou vegetação de pântano na Austrália para ficar imperceptível. Homem disse ter sentido mal estar após o flagrante

  • Hora 7 | David Plassa, do R7

Resumindo a Notícia

  • Um caçador de porcos quase pisou em um crocodilo, camuflado em um pântano australiano.
  • Segundo o rapaz de 32 anos, ele só notou o predador sob os pés no último instante.
  • Imagens do réptil praticamente imperceptível no terreno foram compartilhadas no Facebook.
  • Diversos internautas tiveram bastante dificuldade para identificá-lo.
Tem um crocodilo nesse pântano. Consegue identificá-lo?

Tem um crocodilo nesse pântano. Consegue identificá-lo?

Reprodução/Daily Mail

O caçador Scott Gorman, 32, procurava porcos nos arredores de Weipa, no norte da Austrália, acompanhado por dois amigos. Aventura que poderia ter se transformado em tragédia, caso Gorman não tivesse notado um crocodilo altamente camuflado no meio do caminho.

Segundo o tabloide Daily Mail, imagens e vídeos com o réptil mortal e praticamente imperceptível foram compartilhadas pelo caçador em um grupo do Facebook, onde internautas quebraram a cabeça para indentificar a localização do bicho na imagem.

O crocodilo estava tão bem escondido que Gorman só conseguiu visualizá-lo no último instante, quando quase pisou sobre o predador.

"Estávamos prestes a passar por onde ele estava", lembra, "mas, vimos um pouco da cauda balançando para fora da água."

Caçador só conseguiu visualizar crocodilo camuflado no último instante

Caçador só conseguiu visualizar crocodilo camuflado no último instante

Montagem/R7, com Daily Mail

"Foi um contato muito próximo, nos sentimos muito mal depois", admitiu o caçador.

Vale o clique: Lutador amador aproveita chuva e farol vermelho para golpear o nada

De acordo com publicação do Departamento de Meio Ambiente local, destacada pelo Daily Mail, crocodilos usam a quietude e a camuflagem para desferirem ataques letais contra presas ou possíveis ameaças.

O texto também destaca que a travessia por regiões com esse tipo de predador deve ser feita por meio de barcos ou construções elevadas, como pontes.

Na dúvida, fique em casa!

Alguns internautas quebraram a cabeça para achar uma mulher na pintura abaixo. Consegue identificá-la?

Últimas