Hora 7 Chocante! Cientistas abrem corpo de cobra invasora com jacaré inteiro dentro

Chocante! Cientistas abrem corpo de cobra invasora com jacaré inteiro dentro

Os cientistas receberam a cobra de 5 metros no laboratório após o animal ser morto por quem o descobriu

  • Hora 7 | Do R7

Resumindo a Notícia

  • Cientistas fizeram a autópsia de uma cobra com jacaré inteiro dentro do animal
  • A cobra píton foi encontrada em um parque da Flórida, nos Estados Unidos
  • O animal inchado foi morto quando descoberto e levado para um laboratório
  • Essa espécie tem origem na Ásia, mas está invadindo outro ecossistema
O píton vem se tornando comum na região da Flórida, apesar de não ser seu habitat

O píton vem se tornando comum na região da Flórida, apesar de não ser seu habitat

Reprodução/Instagram/@rosiekmoore

Um grupo de cientistas encontrou um jacaré inteiro dentro do corpo de uma cobra no estado da Flórida, nos Estados Unidos. O píton birmanês de 5 metros foi encontrado no Parque Nacional de Everglades, onde foi morto e posteriormente levado a um laboratório de pesquisa.

A cientista Rosie Moore compartilhou as imagens da autópsia no dia 1º. O animal estava bastante inchado por ter devorado um jacaré de cerca de 1,5 metro.

A cobra, considerada uma espécie invasora, foi aberta por todo o comprimento, o que permitiu a retirada do jacaré, que ainda estava inteiro dentro do animal. A cientista explicou para o site Newsweek que é bastante incomum que o píton se alimente de um réptil tão grande.

Normalmente, essa espécie busca animais de sangue quente, como guaxinins, gambás e linces, que são encontrados no parque. Apesar disso, Moore diz que a quantidade desses animais diminuiu no parque por causa da presença das cobras píton.

"Isso representa uma ameaça para uma variedade de vida selvagem, devido às amplas preferências alimentares dos pítons", afirmou ela no Instagram. Os pítons não são naturais dos Estados Unidos — a origem da espécie é o sudeste e sudoeste da Ásia.

Vários fatores facilitaram o estabelecimento dos pítons no Parque Nacional de Everglades: o clima subtropical do sul da Flórida, somado à vida longa dessas cobras e a reprodução rápida tornaram serpentes da espécie uma grande ameaça à fauna local.

Para tentar resolver o problema, o governo oferece recompensas para quem caça pítons na região.

LEIA TAMBÉM: Muita gente nas redes sociais não achou uma cobra camuflada nesta imagem. Você é capaz?

Últimas