Hora 7 Cidade usará lasers para combater corvos que emporcalham as ruas

Cidade usará lasers para combater corvos que emporcalham as ruas

Ao menos 1.000 corvos moram em Sunnyvale, na Califórnia, e espalham excrementos para todo lado

  • Hora 7 | Filipe Siqueira, do R7

Resumindo a Notícia

  • O prefeito de uma cidade dos EUA declarou guerra aos corvos que moram lá
  • Segundo Larry Klein, as ruas de Sunnyvale estão cheias de cocô de corvo
  • Para espantar as aves, trabalhadores usarão lasers verdes durante a noite
  • A ideia é desencorajar os animais a morarem nas ruas da cidade
Ao menos 1.000 corvos residem em Sunnyvale e deixam rastros de excrementos pela cidade

Ao menos 1.000 corvos residem em Sunnyvale e deixam rastros de excrementos pela cidade

Reprodução/Vídeo/NBC Bay Area

As ruas de Sunnyvale, uma cidade da Califórnia (EUA), estão cheias de excrementos de corvos. O motivo é fácil de deduzir: o município tem cerca de 1.000 corvos residentes, o que o torna um dos destinos preferidos das aves locais.

Os corvos incomodam os moradores, e agora o prefeito Larry Klein promete uma cruzada pessoal contra eles: pretende usar lasers verdes para dispersar os bandos e evitar que eles escolham a cidade como moradia.

Segundo Larry, as ruas da cidade "estão cheias de cocô" de corvo e muitos cidadãos precisam usar guardas-chuvas para transitar em certas áreas. Além disso, os animais se reúnem e fazem muito barulho pouco antes do nascer do sol, acordando muita gente.

O plano consiste em usar os lasers durante a noite para desorientar as aves. Com a ajuda de ruídos estridentes emitidos por um segundo tipo de equipamento, as autoridades acreditam que poderão desencorajar os corvos a fazer ninhos e morar em Sunnyvale.

Por enquanto, a tropa anticorvos será formada por três funcionários, que já testam a técnica enquanto vigiam e assediam os grupos de aves.

De acordo com o NY Post, a operação dos lasers sai mais barato que contratar falcoeiros para perseguir as aves de forma mais natural. E um falcão contratado anteriormente falhou no longo prazo.

"Tivemos um falcão anteriormente, mas [o plano] teve sucesso limitado, e os corvos voltaram", explicou o prefeito em entrevista à rede NBC.

LEIA ABAIXO: Homem é atacado por corvos há três anos após deixar filhote morrer

Últimas