Hora 7 Cliente é flagrada ao colocar plástico em frango de restaurante e se recusa a pagar conta de R$ 1.000

Cliente é flagrada ao colocar plástico em frango de restaurante e se recusa a pagar conta de R$ 1.000

Câmera de vigilância registrou a ação da mulher, em estabelecimento na cidade de Milton Keynes, na Inglaterra. Polícia investiga

  • Hora 7 | Do R7

Resumindo a Notícia

  • Cliente de um restaurante inglês foi flagrada enquanto colocava plástico no frango que comia
  • Ao todo, ela e a família pediram 4 entradas, 7 acompanhamentos, 4 bebidas e 6 pratos principais
  • Com o item no prato, eles se recusaram a pagar a conta, no valor de quase R$ 1.000
  • O episódio virou caso de polícia, que investiga agora a ocorrência
Cliente é flagrada ao colocar plástico em frango de restaurante na Inglaterra

Cliente é flagrada ao colocar plástico em frango de restaurante na Inglaterra

Montagem/R7, com Reprodução/YouTube/SWNS

Uma cliente de um restaurante da cidade de Milton Keynes, na Inglaterra, foi flagrada enquanto retirava um pedaço de plástico do sutiã, para em seguida colocá-lo sobre o frango que comia. Com a presença do item no prato, a mulher, que estava acompanhada da família, se recusou a pagar a conta de 170 libras — o equivalente a quase R$ 1.000.

Antes de revisar as imagens captadas por uma câmera de vigilância, o estabelecimento ainda tentou dar um desconto de 20% sobre o valor a ser recebido — uma vez que o garçom tinha argumentado que não havia nenhum plástico na cozinha do restaurante. No entanto, os funcionários acabaram ameaçados pelos clientes, que logo deixaram o local.

De acordo com o tabloide Daily Mail, o restaurante é administrado por Naseem Khan, de 44 anos, e ficou famoso localmente após oferecer refeições gratuitas a 150 famílias no Natal de 2021.

Em entrevista à publicação, Naseen contou que a família pediu quatro entradas, sete acompanhamentos, quatro bebidas e seis pratos principais.

"Esse casal em particular começou a reclamar das entradas, mas comeu todas", lembrou Naseem. "Quando a comida principal saiu, eles comeram tudo de novo."

Vale o clique: Teoria bizarra afirma que 'notebook' em escultura grega é prova de viagem no tempo

"Fazer isso na frente de crianças não é aceitável nesta sociedade. Se ela estivesse com problemas financeiros, poderia ter vindo até mim e eu lhe daria comida de graça. Mas ela não fez isso."

Naseem ainda explicou que o plástico que a cliente alegou ter encontrado no frango havia sido retirado de um maço de cigarros: "Ela cortou um pedaço e pôs o resto de volta no sutiã, depois colocou no curry e chamou o garçom".

O caso foi reportado à polícia, que agora investiga a família acusada por roubo.

Já em outro restaurante, uma grávida atirou uma tigela de sopa quente em um bebê que fazia barulho. Confira:

Últimas