Hora 7 Cobra letal 'da espessura de garrafa de cerveja' surpreende especialista

Cobra letal 'da espessura de garrafa de cerveja' surpreende especialista

Pesquisas apontam que aumento do tamanho das serpentes capturadas na Austrália está ligado à praga de ratos do país

  • Hora 7 | Filipe Siqueira, do R7

Resumindo a Notícia

  • Cobras venenosas e muito graúdas são cada vez mais comuns na Austrália
  • A conclusão é de especialistas em captura, que registraram o aumento do tamanho delas
  • Segundo eles, o crescimento está ligado à praga de ratos que assola o país
  • O conselho é sempre ficar de olho em locais escuros da casa
Cobras venenosas de grande porte são cada vez mais comuns no país

Cobras venenosas de grande porte são cada vez mais comuns no país

Reprodução/Facebook/Australian Snake Catchers

Como se não bastasse a Austrália enfrentar uma longa e devastadora praga de ratos, o país agora começa a registrar um aumento considerável do tamanho de cobras venenosas e predadoras capturadas recentemente.

A linha que une os dois fenômenos é bem simples: com a multiplicação dos ratos, as cobras também se proliferam, e os caçam em todos os lugares, principalmente nas casas, onde os pequenos roedores tentam se esconder, em busca de comida e abrigo.

O registro mais recente dessa nova fase da praga no país foi a captura de uma cobra descrita como "tão grossa quanto uma garrafa de cerveja". Com mais comida, as cobras precisam de menos energia para caçar e tendem a ficar maiores que a média.

O vídeo, publicado no último domingo, mostra uma Pseudechis porphyriacus (conhecida como Cobra negra de barriga vermelha e muito venenosa) capturada em Old Toongabbie, na região metropolitana de Sydney.

Sean Cade, diretor do serviço Australian Snake Catchers, identificou um aumento de invasões de cobras venenosas — além da barriga vermelha, ele citou a extremamente fatal cobra-marrom — em áreas cada vez mais próximas de cidades do país.

Em entrevista ao Daily Mail Austrália, ele revelou que recebeu 25 ligações de pessoas que encontraram cobras venenosas em casa.

Ele afirmou que ainda não é possível dizer que existem mais cobras no país, mas cravou que elas estão maiores que a média.

"Por alguma razão, este ano, mais do que nos últimos anos, as cobras parecem estar muito maiores e mais ativas", disse Cade ao tabloide.

O motivo para isso, confirmam pesquisas preliminares, é a comida farta oferecida pelos ratos.

"Os ratos estão fornecendo comida excelente para as cobras. Por isso, veremos muitas cobras graúdas esse ano no país", afirmou o especialista em vida selvagem Steve Henry, ao canal 9News.

Autoridades locais afirmaram aos jornais que iscas e outras medidas de emergência ajudaram a diminuir o número de ratos em regiões agrícolas, o que deve ajudar a impedir que um número massivo deles chegue à região de Sydney.

O combate aos ratos é considerado fundamental para impedir incidentes com cobras venenosas em regiões urbanas.

Capturadores de cobras aconselham a população a evitar deixar comida espalhada e sempre dar uma olhada em lixeiras, garagens, blocos de lenha e áreas abandonadas e escuras da propriedade, como forma de evitar a invasão de ratos e as cobras que os perseguem.

LEIA ABAIXO: Serpente mais mortal da Austrália é encontrada no quarto de crianças

Últimas