Hora 7 Conheça Charlotte: família tem aranha gigantesca de estimação e espera que ela 'cresça ainda mais'

Conheça Charlotte: família tem aranha gigantesca de estimação e espera que ela 'cresça ainda mais'

Animal apareceu na residência em 2020 e hoje é amada por todos. Imagem do predador na parede causou choque em redes sociais

  • Hora 7 | Do R7

Aracnídeo ocupa metade da parede da casa

Aracnídeo ocupa metade da parede da casa

Reprodução/Facebook/Jake Gray

Uma família mostrou nas mídias sociais a imagem de uma aranha-caçadora gigante, que é o pet da casa. Na foto, o enorme aracnídeo pode ser visto na parede da residência em Cairns, na costa nordeste da Austrália.

A fera é chamada de Charlotte pelos dois filhos do casal (Jack e Bella). Na publicação do Facebook, Jake Gray, o pai das crianças, até expressou um desejo incomum: "Quero que ela cresça ainda mais".

A história de convivência da família de Jake com a enorme aranha foi notícia no fim de 2020, quando ele publicou a foto do animal em um grupo do Facebook especializado em aranhas exóticas.

Na época, alguns duvidaram da história, que foi confirmada em diversas entrevistas dadas por ele. Recentemente, Charlotte viralizou novamente, e Jake atualizou como está a convivência dele com o aracnídeo.

A ligação da família com Charlotte é tão grande que eles dizem ter percebido que ela cresceu durante a estada na casa.

Inicialmente, todos ficaram um tanto chocados com a presença do predador enorme na residência, principalmente as crianças. Hoje, Charlotte é uma das alegrias da casa.

"Vê-la comendo uma lagartixa asiática foi um destaque", disse Jake ao site IFL Science.

Mas, como estamos na internet, as reações mais extremas foram publicadas nos comentários.

"Eu sei que as aranhas são úteis e, na maioria das vezes, não se importam com os humanos, mas eu ainda queimaria toda a casa", afirmou um dos comentaristas.

Mas os australianos sempre ressaltam que, apesar do tamanho gigante — a envergadura das patas chega a 30 cm —, as aranhas-caçadoras são "tímidas" e geralmente evitam humanos.

O veneno delas não oferece nenhum perigo para humanos — geralmente causa vermelhidão no local e ocasiona reações como diarreia e vômito.

Em 2020, o início do período de convivência da família de Jake com a aranha gigantesca havia sido notícia aqui no HORA 7. Relembre abaixo!

Últimas