Dia do Fico – O que foi, resumo e peso histórico do 9 de janeiro de 1822

O Dia do Fico celebra a permanência de D. Pedro I no Brasil, marcando o início do processo de independência do país. É comemorado em 9 de janeiro. O post Dia do Fico – O que foi, resumo e peso histórico do 9 de janeiro de 1822 apareceu primeiro em Conhecimento Científico.

No Brasil, o Dia do Fico comemora o início da liberação brasileira. Essa data ficou marcada pela decisão de D. Pedro I de ficar no Brasil, ao invés de retornar a Portugal. A ideia dos monarcas portugueses era recolonizar o Brasil. Mas a presença do príncipe-regente tomando as decisões o diminuía o poder da metrópole.

Ter D. Pedro I em terras brasileiras trouxe uma maior liberdade ao Brasil como nação. Porém, ainda era considerado parte de Portugal. Foi então que, em 9 de janeiro de 1822, após receber uma carta exigindo sua volta a Lisboa, o príncipe declarou: “Se é para o bem de todos e felicidade geral da Nação, estou pronto! Digam ao povo que fico”.

A permanência dele foi um importante passo para um grande movimento separatista. Mais tarde, naquele mesmo ano, na data 7 de setembro, o Brasil ganhou sua independência.

Dia do Fico - o que foi, como aconteceu e importância histórica

Dia do Fico - o que foi, como aconteceu e importância histórica

Conhecimento Científico
Celebração ao Dia do Fico – Fonte: Conservadorismo do Brasil Contexto pré Dia do Fico

Em 1807, a Europa passava por um período crítico. Napoleão Bonaparte, Imperador da França, pretendia aumentar seu poder. Dessa forma, ele realizou uma série de invasões em vários países. Porém, pala se livrar de perder o reinado, a Corte Portuguesa se transferiu para o Brasil.

A vinda da Família Real foi essencial para o desenvolvimento da colônia. Portanto, ao se fixar no Rio de Janeiro, a realeza promoveu mudanças econômicas e políticas. Então, em 1815, o Brasil se elevou à categoria de Reino Unido.

No entanto, o fim da Era Napoleônica exigiu o retorno do Rei D. João VI a Portugal. Uma vez que a revolução havia atingido o país e somente o monarca poderia controlar a situação. Sendo assim, houve a necessidade de deixar D. Pedro I no Brasil como príncipe-regente.

Dia do Fico - o que foi, como aconteceu e importância histórica

Dia do Fico - o que foi, como aconteceu e importância histórica

Conhecimento Científico
D. Pedro I – Fonte: InfoEscola

Com a simpatia recebida dos políticos brasileiros, Pedro de Alcântara, passou a tomar medidas de crescimento para o país. Entretanto, isso causou aborrecimento à Corte Portuguesa. Porque as mudanças tiravam o Brasil de debaixo do poder de Portugal.

Para transformar o Brasil novamente em colônia, era preciso retirar D. Pedro do Poder. Desse modo, foi exigida sua volta para a Lisboa, entregando o governo de volta aos portugueses. Contudo, o Partido Brasileiro e os liberais radicais realizaram um abaixo-assinado para a permanência do príncipe.

Assim, com as 8 mil assinaturas, Pedro de Alcântara declarou que não voltaria a Portugal e ficaria no Brasil. O Dia do Fico marcou o início do processo de independência do nosso país.

Já conhecia esse pedacinho da história? Agora, aproveita para conferir sobre o Hino Nacional do Brasil – autoria, história, curiosidades e letra.

Fontes: Só História e Calendarr.

Imagem de destaque: Ensinar História

O post Dia do Fico – O que foi, resumo e peso histórico do 9 de janeiro de 1822 apareceu primeiro em Conhecimento Científico.