Conhecimento Cientifico Encontros consonantais – O que são, principais tipo e exemplos

Encontros consonantais – O que são, principais tipo e exemplos

Os agrupamentos de consoantes em uma mesma sílaba ou em sílabas diferentes de uma mesma palavra são chamados de encontros consonantais. Essa matéria Encontros consonantais – O que são, principais tipo e exemplos foi criada pelo site Conhecimento Científico.

Encontros consonantais são o agrupamento de duas ou mais consoantes sem, contudo, o intermédio de nenhuma vogal. De acordo com essa definição, podemos citar alguns exemplos: Cacto, planície, psicólogo, vidro, etc.

Eles são divididos, em geral, em dois tipos: encontros consonantais perfeitos (também chamados de puros ou próprios) e, além desse, encontros consonantais imperfeitos (conhecidos também por disjuntos ou impróprios).

Entretanto, alguns estudiosos da língua portuguesa defendem a existência de um terceiro grupo: os encontros consonantais mistos.

Encontros consonantais perfeitos

Encontros consonantais: o que são? Quais os tipos existentes?

Encontros consonantais: o que são? Quais os tipos existentes?

Conhecimento Científico
Descomplica

São aqueles encontros consonantais que acontecem em uma mesma sílaba. As consoantes desse encontro são, dessa forma, inseparáveis. Assim, é bastante comum que a segunda consoante desse encontro seja /-r/ ou /-l/. Vejamos:

Pedra = pe-dra; Palavra = pa-la-vra; Blusa = blu-sa; Livro = li-vro.

Encontros consonantais imperfeitos

Em síntese, são os que acontecem em sílabas diferentes, sendo, desse modo, separáveis. Por exemplo:

Porta = por-ta; Ritmo = rit-mo; Advogado = ad-vo-ga-do; Estante = es-tan-te; Disco = dis-co.

Encontros consonantais mistos

Encontros consonantais: o que são? Quais os tipos existentes?

Encontros consonantais: o que são? Quais os tipos existentes?

Conhecimento Científico
Blog do Divino

Além dos dois já estudados, nessa categoria encontram-se as palavras que, por sua vez, apresentam encontros consonantais perfeitos e imperfeitos. Por exemplo:

Destreza = des-tre-za; Displicência = dis=pli-cên-cia; Escrita = es-cri-ta; Infiltração = in-fil-tra-ção.

Encontro consonantal fonético

Também chamado de dífono, essa subdivisão marca o caso especial da letra /x/ quando aparece, por sua vez, com som de /cs/ ou /ks/. Esse som indica, desse modo, encontros consonantais fonéticos, ou seja, há um fonema a mais do que a quantidade de letras na palavra.

Por exemplo,

xi (4 letras e 5 fonemas); Tórax (5 letras e 6 fonemas); Oxidar (6 letras e 7 fonemas).

Encontro consonantal ou dígrafo?

Encontros consonantais: o que são? Quais os tipos existentes?

Encontros consonantais: o que são? Quais os tipos existentes?

Conhecimento Científico
Guia do Estudante

Nos encontros consonantais as consoantes mantém sua unidade sonora, ou seja, são fonemas isolados. Por isso, é possível distinguir o som de cada uma. Vejamos os exemplos:

Floresta (8 letras, 8 fonemas) Plano (5 letras, 5 fonemas) Princesa (8 letras, 8 fonemas) Distinção (9 letras, 9 fonemas)

Já no dígrafo, por sua vez, as consoantes se fundem foneticamente, ou seja, perdem sua unidade sonora, formando, assim, um som específico. Dessa forma, a junção das duas consonantes em um dígrafo corresponde a apenas um fonema.

Por exemplo,

Chave (5 letras, 4 fonemas) Massa (5 letras, 4 fonemas) Máquina (7 letras, 6 fonemas) Toalha (6 letras, 5 fonemas) Carro (5 letras, 4 fonemas)

Enfim, você gostou da matéria sobre encontros consonantais? Então, leia também sobre Morfossintaxe e Semântica.

Fontes: Norma Culta, Só Português, Brasil Escola, Toda Matéria.

Imagens: YouTube, Descomplica, Blog do Divino, Guia do Estudante.

Essa matéria Encontros consonantais – O que são, principais tipo e exemplos foi criada pelo site Conhecimento Científico.

Últimas