Favela – O que é, conceito, origem e favelas no Brasil

Entenda tudo sobre o bairro popular caracterizado pela precariedade de suas habilitações. Ou melhor, entenda tudo sobre a favela.

Favela, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é um conjunto de domicílios com, no mínimo, 51 unidades. Normalmente ocupa, de maneira desordenada e densa, terreno de propriedade alheia (pública ou particular). Além disso, não possui acesso a serviços públicos essenciais.

Ou seja, esse conjunto de domicílios é conhecido no Brasil como o tipo de bairro popular. Pode ser caracterizado pela precariedade de suas habitações, sua falta de infraestrutura e informalidade.

O que chamamos no Brasil de favela é chamado de bairro de lata em Portugal. Assim como caniço em Moçambique e musseque em Angola, e é encontrado em toda parte do mundo.

Conceito de Favela

As favelas surgiram com o acumulo de pequenas moradias em locais irregulares, que cresceram desordenadamente até atingir a dimensão de um bairro.

Elas cresceram sem nenhum planejamento, com os chamados “barracos” sendo construídos uns ao lado dos outros, ou mesmo uns sob os outros de forma desordenada. Esses barracos são divididos por pequenas vielas, e não tendo nenhum tipo de acesso a saneamento básico. Muito menos luz, água, atendimento médico, escola e etc.

Portanto, é possível notar que em uma favela as condições de vida são difíceis. A falta de conforto e a precariedade das acomodações, aliada à desassistência e o descaso das autoridades e da sociedade civil, fazem da vida do morador uma experiência bastante dura.

Conhecimento Científico

Conhecimento Científico

Conhecimento Científico
Fonte: Sicoob

A partir do ano de 1980, as favelas tiveram avanços em termos de urbanização, embora ainda precisa-se melhorar muito. Isso caracterizou pelo apelido de “comunidade”, tentando deixar de lado a conotação negativa do uso da palavra favela.

Algumas favelas cresceram tanto que são mais populosas do que muitas capitais do mundo. Como exemplo:

A favela de Kibera, no Quênia, que tem cerca de 2,5 milhões de habitantes; A favela de Neza, no México, com algo em torno de 4 milhões de habitantes.

Contudo, a maior favela do mundo, com uma população maior do que a de muitos países e é favela de Maharashtra, na Índia, com uma população estimada em 19 milhões de habitantes.

Conhecimento Científico

Conhecimento Científico

Conhecimento Científico
A maior favela do mundo, Maharashtra, na Índia.
Fonte: Os Maiores pelo Mundo

Regionalização – O que é, conceito e classificação

×

Origem do Termo Favela

Durante a Guerra de Canudos, os soldados republicanos levantavam o seu acampamento em morros próximos ao local das batalhas. Um desses morros se chamava Morro da Favela, sendo que favela é o nome de uma planta típica da região dos combates.

Após esse episódio, muitos militares que retornaram da guerra tiveram a permissão de se instalarem em acomodações precárias. Sendo que um local de grande destaque é o Morro da Providência, no Rio de Janeiro.

Portanto, os soldados construíram barracos que não possuíam qualquer importância imobiliária. Ou seja, construções essas que lembravam aquelas que eles levantaram no Morro da Favela. Desse modo, o apelido pegou, e o morro onde se instalaram ficou conhecido como Morro da Favela.

A partir disso, na década de 20 do século XX, o nome favela passou a ser associado a qualquer tipo de moradia que apresente uma construção demasiadamente simples e precária.

Conhecimento Científico

Conhecimento Científico

Conhecimento Científico
Divisão de artilharia na Guerra de Canudos. Atrás, o Morro da Favela.
Fonte: Revista Galileu

Como surgiram as Favelas?

As primeiras favelas teriam surgido no Brasil, no final do século XIX e início do século XX. Surgiram como resultado de uma série de fatores.

A política governamental instalada no início do século XX, no Rio de Janeiro, tinha por objetivo eliminar do centro da cidade as moradias precárias, como os cortiços. Sendo assim, enviou os cidadãos de baixa renda para áreas afastadas.

êxodo rural, a acelerada urbanização e a industrialização também apresentaram papel fundamental na origem das favelas.

Favelas no Brasil

Primeiramente, tudo começa quando a Inglaterra pressiona o Brasil para que dê fim à escravidão. Visto que a mão de obra brasileira assalariada significaria maior exportação de produtos ingleses para o Brasil, o que trás lucro à Inglaterra.

Contudo, o fim da escravidão coincide com uma onda imigratória de italianos e japoneses para São Paulo e portugueses para o Rio.

Logo, os latifundiários aproveitaram a mão de obra estrangeira especializada na lavoura. Contudo, ao invés de empregarem os ex-escravos, agora libertos, empregaram os italianos e os japoneses.

Este fenômeno contribuiu ainda mais para a marginalização do negro na sociedade, e com o desenvolvimento da indústria, São Paulo e Rio tiveram um grande crescimento demográfico acelerado, devido ao êxodo rural.

Ao chegarem nessas capitais, os ex-escravos se depararam com as fábricas, e como nunca haviam tido a experiências que os italianos e japoneses tiveram, foram substituídos nas fábricas também.

Ou seja, o negro não teve lugar tanto no campo quanto na cidade, e então foi no morro onde se instalou.

Portanto, no Brasil, destaca-se a favela da Rocinha, localizada no morro Dois Irmãos, no Rio de Janeiro. É a maior do país, com estimativas de mais de 70 mil habitantes. Esta favela é muito famosa, pois é um dos bairros mais conhecidos, chamando a atenção de turistas. Contudo, a única preocupação constante é o tráfico de drogas que acontece neste local.

Conhecimento Científico

Conhecimento Científico

Conhecimento Científico
Rocinha, maior favela do país.
Fonte: O Globo

Superando os Esteriótipos

Entender a favela como um espaço apenas de violência e criminalidade também é restringir as suas características a um único aspecto. Há violência e criminalidade também em outros espaços.

As pessoas, com boas ou más intenções, por não conhecerem as práticas dessa comunidade, passam a construir preconceitos e julgamentos de valor. Como se cada “favelado” fosse dotado de características comuns a todos os outros moradores do lugar.

Contudo, a verdade é que existem pessoas que habitam esse lugar apenas por necessidade ou falta de opção. Todavia, embora esses espaços de vivência tenham suas limitações, muitas pessoas identificam-se e têm orgulho de sua origem.

Conhecimento Científico

Conhecimento Científico

Conhecimento Científico
Fonte: Diário Causa Operária

Gostou de saber sobre a história das favelas? Então você também vai gostar de saber Quem Foi Marielle Franco.

Fontes: Brasil Escola, Mega Curioso, Voz das Comunidades

Fonte Imagem Destaque: Agência Envolverde

Essa matéria Favela – O que é, conceito, origem e favelas no Brasil foi criada pelo site Conhecimento Científico.