Haver ou a ver – Quando utilizar cada um e o que é homofonia

Haver e a ver são ditas da mesma forma e possuem sentidos diferentes, causando muitas dúvidas. Isso acontece porque elas são homófonas.

Primordialmente, é de conhecimento de todos que existem palavras no nosso dia-a-dia que nos confundem. O a ver e haver são um exemplo nítido disso. Por isso, é comum ver pessoas usando-os de maneira incorreta.

Aliás, haver e a ver são parônimos, ou seja, palavras que apresentam similaridade na grafia e produzem o mesmo som, mas têm significados diferentes.

Ademais, uma simples letra, o h, muda tudo na hora de analisar as características das expressões.

A ver

Primeiramente, a forma correta de se utilizar o a ver é do modo conjugado da expressão ter a ver. Logo, sendo então escrita como: Tem a ver. Ademais, essa expressão é utilizada quando está relacionando ou diz respeito a alguma coisa.

Além disso, é muito comum ter dúvidas na hora de escrever. Sendo que, haver e a ver são ditas da mesma forma. Porém, possuem sentidos diferentes. Isso acontece porque elas são homófonas.

Exemplos Portanto a letra desta música não tem nada a ver comigo. Desculpe, mas não tenho nada a ver com isso que aconteceu. Em geral, a destruição da camada de ozônio tem a ver com o aumento da poluição. Abreviação, o que é? Regras de abreviatura e siglas × Homofonia

Em geral, a homofonia é formada a partir de dois radicais gregos (homo = igual; fonia = som). Logo, o termo refere-se à igualdade fonética entre dois vocábulos ou entre um vocábulo e uma expressão. Existem dois tipos de homofonia, sendo elas:

Homófonos heterográficos

Em geral, os homófonos heterográficos são aqueles vocábulos iguais na pronúncia e diferentes na escrita. Então, confira alguns exemplos a seguir:

Acender (atear, pôr fogo) e ascender (subir) Concertar (harmonizar) e consertar (reparar, emendar) Concerto (harmonia, sessão musical) e conserto (ato de consertar) Cegar (tornar cedo) e segar (cortar, ceifar) Cerrar (fechar) e serrar (cortar) Cela (pequeno quarto), sela (arreio) e sela (verbo “selar”) Censo (recenseamento) e senso (juízo) Paço (palácio) e passo (andar) Hera (trepadeira) e era (época), era (verbo) Caça (ato de caçar), cassa (tecido) e cassa (verbo “cassar” = anular) Cessão (ato de ceder), seção (divisão) e sessão (tempo de uma reunião ou espetáculo)
haver-ou-a-ver

haver-ou-a-ver

Conhecimento Científico
Haver ou a ver? Fonte: Como Escreve Homófonos homográficos

Logo, a homofonia homográfica diz respeito aos vocábulos que são iguais na escrita e na pronúncia. Veja alguns exemplos:

Caminha (substantivo), caminha (verbo) Cedo (verbo), cedo (advérbio) Somem (forma do verbo “somar”), somem (forma do verbo “sumir”) Livre (adjetivo), livre (forma do verbo “livrar”) Pomos (substantivo), pomos (forma do verbo “pôr”) Alude (avalancha), alude (forma do verbo “aludir”) Haver

Primordialmente, a expressão ter a haver é errada. Porém, existe a expressão ter a haver, mas ela contém a preposição a entre o verbo ter e o verbo haver.

Nitidamente ela é pouco usada, mas ainda sim pode ser utilizada para indicar o ato de ter quantias monetárias para serem recebidas. Sendo assim, significa o ato de ter a receber ou reaver algum determinado valor.

Exemplos Meu marido ainda tem dinheiro a haver do FGTS. Não tenho mais nada a haver do banco.

Gostou de ler sobre o Haver e a ver? Que tal ler também sobre Variação linguística – Definição, tipos, exemplos e contexto social
Fontes: MundoEducação, Dúvidas, NovaEscola,
Fonte da imagem destaque: Abril

Essa matéria Haver ou a ver – Quando utilizar cada um e o que é homofonia foi criada pelo site Conhecimento Científico.