Meiose – O que é, fases, características e sub-divisões

A meiose é um processo de divisão celular que ocorre na formação de gametas, onde uma célula diploide (2n) origina quatro células haploides (n).

A meiose é um processo de divisão celular que ocorre na formação de gametas, onde uma célula diploide (2n) origina quatro células haploides (n). Assim, reduz o número de cromossomos de uma espécie pela metade.

Decerto, este processo é subdividido em duas etapas: a primeira divisão meiótica (meiose I) e a segunda divisão meiótica (meiose II). Posteriormente, dando origem a quatro células. Na primeira etapa, também denominada de reducional, ocorre a diminuição do número de cromossomos. Na segunda (equacional) o número de cromossomos das células que se dividem é mantido igual aos das células que se formam.

A meiose ocorre quando a célula entra em fase de reprodução, na formação de gametas (meiose gamética), na produção de esporos (meiose espórica) e logo após a formação do zigoto (meiose zigótica).

Fases da meiose

Meiose e as suas fases

Meiose e as suas fases

Conhecimento Científico
Fonte: Biologia total

Meiose I

Na primeira etapa, também denominada de reducional, ocorre a diminuição do número de cromossomos. A meiose inicia-se após a duplicação do DNA e cromossomos, formando as cromátides, que ocorre na chamada interfase. Posteriormente, após a duplicação, inicia-se a divisão celular.

Prófase I
Meiose e as suas fases

Meiose e as suas fases

Conhecimento Científico
Fonte: Quero bolsa

A prófase I é uma fase bastante extensa, sendo dividida em cinco sub-fases consecutivas:

Leptóteno: Cada cromossomo é formado por duas cromátides. Pode-se notar a presença de pequenas condensações (espiralização), os cromômeros. Além disso, ocorre o desaparecimento da carioteca e do nucléolo. Zigóteno: Inicia-se o emparelhamento dos cromossomos homólogos, denominado de sinapse, que se completa no paquíteno. Paquíteno: Máximo grau de condensação dos cromossomos. Os braços curtos e longos ficam mais evidentes e definidos. Dois desses braços, em respectivos homólogos, ligam-se e formam estruturas denominadas de bivalentes ou tétrades. Nesse momento, ocorre o crossing-over, isto é, troca de segmentos (permutação de genes) entre cromossomos homólogos. Como os cromossomos são portadores de genes, ocorre uma recombinação gênica. Diplóteno: Os cromossomos homólogos começam a se afastar, mas permanecem ligados pelas regiões onde ocorreu a permutação. Tais regiões constituem os quiasmas (ponto de interseção existente entre os braços entrecruzados, portadores de características similares). Diacinese: Finalização da prófase I. Continua ocorrendo a condensação e separação dos cromossomos homólogos. Assim, os quiasmas vão escorregando para as pontas das cromátides. Este processo é denominado terminação dos quiasmas. À medida que as fases evoluem, o nucléolo e a carioteca desaparecem. Metáfase I

Decerto, nessa fase os cromossomos ficam agrupados na região equatorial da célula. Além disso, a membrana celular desaparece. Os centrômeros do cromossomo homólogos se ligam a fibras que emergem de centríolos opostos. Assim cada componente do par será puxado em direções opostas.

Anáfase I

Nessa fase ocorre o encurtamento das fibras do fuso, deslocando os cromossomos homólogos para os polos opostos da célula. Decerto, nessa fase não há separação do centrômero (ponto de ligação das cromátides irmãs em um cromossomo).

Telófase I

Assim, nessa fase ocorre desespiralizarão dos cromossomos, retornando ao aspecto filamentoso. Além disso, ocorre também o reaparecimento do nucléolo, bem como da carioteca, e divisão do citoplasma (citocinese). Desse modo, surgem duas novas células haploides.

Meiose II

Meiose e as suas fases

Meiose e as suas fases

Conhecimento Científico
Fonte: Brasil escola

Inegavelmente, a meiose II é extremamente parecida com a mitose. Decerto, a formação de células haploides a partir de outras haploides só é possível porque ocorre durante a meiose II, a separação das cromátides que formam as díades. Assim, cada cromátide de uma díade dirige-se para um polo diferente e já pode ser chamada de cromossomo-irmão. A meiose II  também acontece em 4 fases: prófase II, metáfase II, anáfase II e telófase II.

Prófase II

Os cromossomos voltam a se condensar. Além disso, o nucléolo e a carioteca desaparecem novamente. Os centríolos duplicam-se e dirigem-se para os polos, formando o fuso acromático.

Metáfase II

Os centríolos estão prontos para serem duplicados. Assim, os cromossomos organizam-se na região equatorial, com suas cromátides ainda unidas pelo centrômero, ligando-se às fibras do fuso.

Anáfase II

As cromátides-irmãs separam-se pois são puxadas pelas fibras do fuso em direção a polos opostos.

Telófase II

As fibras do fuso desaparecem e os cromossomos já encontram-se nos polos da célula. A carioteca surge novamente e o nucléolo se reorganiza. Por fim, ocorre a citocinese completando a divisão meiótica e totalizando 4 células filhas haploides.

Núcleo celular, o que é? Funções, estrutura nuclear e divisão celular

×

Diferenças meiose e mitose

Meiose e as suas fases

Meiose e as suas fases

Conhecimento Científico
Fonte: Diferença

A meiose e a mitose dizem respeito a processos de divisão celular. Porém, algumas características diferenciam os dois processos:

A mitose origina duas células-filhas idênticas à célula-mãe. Enquanto isso, na meiose são geradas 4 células-filhas com material genético diferente ao da célula-mãe. Além disso, as células-filhas ainda apresentam metade do número de cromossomos da célula-mãe. A meiose reduz pela metade o número de cromossomos nas células-filhas. Na mitose o número de cromossomos é mantido entre a célula-mãe e as células-filhas. A mitose ocorre na maior parte da células somáticas do corpo. Já a meiose ocorre somente nas células germinativas e esporos.

Leia sobre a o que é hereditariedade? DNA, recessividade, dominância e outros princípios básicos

Fonte: Toda matéria, Biologia total, Brasil escola.

Fonte imagens: Biologia total, Brasil escola, Diferença,

Fonte imagem de destaque: Nacientífico 

Essa matéria Meiose – O que é, fases, características e sub-divisões foi criada pelo site Conhecimento Científico.