O que é química? – História, definição, utilidades e suas áreas

Química é a ciência que estuda a composição, estrutura, propriedades da matéria, as mudanças sofridas por ela durante as reações químicas e a sua relação com a energia.

Química é a ciência que estuda a matéria, sua estrutura, formação e as transformações que ela sofre. Certamente, sempre levando em consideração a energia envolvida em todo o processo. A saber que a química faz parte das Ciências da Natureza e se concentra em observar fenômenos. Além de criar teorias para explicá-los e modelos que os representem.

A saber que a matéria é o principal objeto de estudo da química e pode ser definida como tudo aquilo que ocupa lugar no espaço e tem massa. Ou seja, todo o mundo material ao nosso redor está ao alcance da química, inclusive nós. Então, a química tem um enorme impacto sobre a tecnologia e a nossa sociedade. Pois seus estudos desempenham um papel fundamental no desenvolvimento de todos os ramos das ciências.

A Química é uma ciência experimental que teve seu processo de descoberta ligado à preocupação que as culturas antigas tinham em compreender a relação entre o ser humano, a natureza e seus fenômenos: a chamada Alquimia.

História

O que é química? - História, definição, utilidades e suas áreas

O que é química? - História, definição, utilidades e suas áreas

Conhecimento Científico
Fonte: Pijama surf

Inegavelmente, a Alquimia foi a precursora da química. Esta era uma prática difundida na Idade Média, que envolvia ciência, arte e magia. A alquimia tinha como intuito transformar metais comuns em ouro, e produzir o Elixir da Imortalidade, que curaria de todos os males e garantiria a longa vida. Então, durante essa busca muitas substâncias químicas foram criadas. Além de confeccionar equipamentos de laboratório para a realização de experimentos.

Inegavelmente, o conhecimento dos alquimistas foi essencial para fundamentar o conhecimento químico moderno. Lavoisier é considerado o pai da química moderna pela sua significativa contribuição para o surgimento dessa ciência e consolidação do método científico como uma nova forma de estudar os processos químicos.

Hidrocarbonetos – Classificação, características e cadeias carbônicas

×

O que a química estuda

O que é química? - História, definição, utilidades e suas áreas

O que é química? - História, definição, utilidades e suas áreas

Conhecimento Científico
Fonte: UNIFEBE

Inegavelmente, a química esta em todas as partes. Entretanto, na maioria das vezes nem percebemos, como por exemplo, do cultivo do trigo até o pão em nossa mesa. Certamente, o conhecimento químico permitiu aprimorar diversos processos industriais e nosso qualidade de vida.

Além disso, no nosso organismo ocorre diversas transformações químicas para aproveitemos nutrientes, produzir energia e utilizarmos oxigênio para nos mantermos vivos. E inegavelmente, através do conhecimento químico podemos estudar esses processos naturais. Além de auxiliar na produção de materiais em laboratório.

Entretanto, a química também já foi vista com mal olhos por conta dos seus impactos poluentes. Pois, a produção de produtos tóxicos, não degradáveis e o despejo de resíduos industriais são uns dos muitos problemas atrelados aos produtos químicos. Porém a química verde vem alterando essa concepção, incentivando produções mais limpas, preservando o meio ambiente. Além de elaborar processos industriais com menos resíduos gerados. Decerto, a reciclagem, biocombustíveis e diminuição das emissões de gases do efeito estufa são algumas das medidas que já podemos observar no nosso dia a dia.

Utilidades da química

O que é química? - História, definição, utilidades e suas áreas

O que é química? - História, definição, utilidades e suas áreas

Conhecimento Científico
Fonte: Catho

Inegavelmente, os conhecimentos químicos geram aplicações e as tecnologias permitem que novos produtos sejam criados. Assim, a química está presente nos alimentos, nos medicamentos, nas roupas, nas construções, entre outros. Para exemplificar, podemos citar o caso do repelente. O princípio ativo do repelente é extraído de uma planta chamada citronela. Por meio de equipamentos laboratoriais e técnicas de extração, químicos conseguiram isolar o óleo de citronela. Assim, juntamente com outras substâncias químicas, transformaram em um produto que impede a picada de mosquitos. Ou seja, o conhecimento químico teve forte influência no desenvolvimento desse produto.

Pois, para que esse produto fosse criado, foi preciso estudar a composição da substância, como ela atua e quais seus riscos. Inegavelmente, tudo isso faz parte do conhecimento químico: pesquisar, investigar, fazer experimentos e criar produtos que melhorem a vida das pessoas.

Ou seja, esse ramo teve importantes contribuições ao longo da história para a humanidade. Por exemplo, o desenvolvimento de fontes alternativas de energia, como a descoberta da radioatividade dos elementos químicos e criação da energia nuclear para gerar energia elétrica. Além do desenvolvimento de medicamentos feitos a partir de de substâncias químicas capazes de controlar e combater doenças, desenvolvimento de cosméticos, produção de substâncias em laboratório. E não podemos esquecer dos produtos industrializados, pois o conhecimento químico desenvolveu substâncias que conservam os alimentos. Assim, aumentou-se a validade dos alimentos comercializados.

Níveis fundamentais do conhecimento químico

O que é química? - História, definição, utilidades e suas áreas

O que é química? - História, definição, utilidades e suas áreas

Conhecimento Científico
Fonte: Revista Galileu

A Química é uma ciência de três níveis fundamentais:

Macroscópico: Transformações que podem ser observadas. Isto é, as propriedades que envolvem objetos grandes e visíveis. Microscópico: Trata-se da interpretação dos fenômenos macroscópicos por meio de transformações que não podemos ver diretamente, como o reordenamento dos átomos. Simbólico: Usam-se símbolos químicos, tais como fórmulas moleculares, estruturais e eletrônicas. Além de equações e fórmulas matemáticas, para representar as transformações e fenômenos estudados.

Principais áreas

O que é química? - História, definição, utilidades e suas áreas

O que é química? - História, definição, utilidades e suas áreas

Conhecimento Científico
Fonte: Freepik

Química geral

Em suma, é responsável pelos conceitos e termos que são a base para entender as demais áreas.

Modelos atômicos Tabela Periódica Propriedades da Matéria Ligações Químicas

Físico-Química

Em síntese, é responsável por estudar a energia e a dinâmica das transformações químicas.

Cinética  Eletroquímica Equilíbrio Químico Termoquímica

Química inorgânica

Estuda os compostos formados pelos elementos químicos.

Funções Inorgânicas Ácidos e Bases Sais Óxidos

Química orgânica

Este ramo do conhecimento químico, estuda os compostos formados pelo carbono.

Carbono Cadeias Carbônicas Funções Orgânicas Reações Orgânicas

Química nuclear

Responsável por estudar as reações nos núcleos dos átomos.

Elementos radioativos Fissão nuclear Fusão nuclear Radioatividade

Química ambiental

Em suma, estuda os processos químicos no meio ambiente.

Ciclos Biogeoquímicos Chuva Ácida Efeito Estufa e Aquecimento Global Poluição

Por fim, leia também nossa matéria sobre a Luz – O que é, conceito, características, fontes e natureza

Fonte: Toda matéria, Brasil escola,

Imagem de destaque: Professor George química

Essa matéria O que é química? – História, definição, utilidades e suas áreas foi criada pelo site Conhecimento Científico.