Pax Romana, o que foi? Origem + difusão cultural e econômica

A criação da Pax Romana datou o inicio do Império Romano e do período de paz entre os territórios de domínio e a expansão econômica.

Pax Romana (do latim Paz Romana) é uma política de paz criada pelo Imperador Romano César. Esse período representa, principalmente para os romanos, tempos de sucesso econômico e de domínio territorial. Outro fato histórico importante é a transição da República para o Império Romano.

Essa medida se estendeu por todos os territórios do Império, com a finalidade de garantir uma administração eficaz e equilibrada. Em um contexto de grandes expansões, que durou de 27 a.C. até 180 d.C, essas decisões eram necessárias para manter as terras conquistadas.

O que foi a Pax Romana

Pax Romana - o que foi, origem e difusão

Pax Romana - o que foi, origem e difusão

Conhecimento Científico
Estátua do Imperador Romano César

A Política da Pax Romana foi instaurada juntamente com o início do Império de Augusto, no ano 27 a.C. Antes da coroação, o Império Romano vinha passando por várias conturbações administrativas em seu território.

Esse momento também marcou a transição da República para o Império, na civilização romana. É também um registro, sobretudo, do fim da Idade Antiga e o início da Idade Média.

Antes de assumir, portanto, o governo, havia ocorrido várias rebeliões de escravos e disputas significativas de poder. Consequentemente, todos os problemas influenciaram na resistência dos povos nos territórios de domínio romano.

A princípio, a atitude de César e a criação do Império foram fundamentais para o entendimento entre eles. Com a paz reinando, outra somatória positiva foi a ampliação da cultura romana sobre os povos, porque é por meio da cultura que se impõe um domínio duradouro.

Dinastia Júlio-Claudiana – História, principais Imperadores e características

×

Difusão cultural e economia

Pax Romana - o que foi, origem e difusão

Pax Romana - o que foi, origem e difusão

Conhecimento Científico
Estátua Romana

Os soldados, por sua vez,  foram encarregados por realizar essa propagação do modelo político-administrativo da Pax Romana e pela proteção das comunidades mais afastadas. Outra função importante foi o acompanhamento próximo das produções de impacto econômico.

Com essa vistoria rígida era impossível acontecer alguns tipos de manifestações contrárias ao comando romano. Essa, na verdade, foi, sobretudo, o sucesso do novo comando pautado na paz. O fato da proximidade garantia a eficácia do controle sobre os povos.

O convívio contínuo com os romanos trouxe também a aculturação como, por exemplo, o ensinamento do latim para as províncias. Com a cultura introduzida, o Império começou a conceder algumas liberdades aos povos.

Tudo isso só foi possível, porque o acesso por novas estradas, de ligação entre o Império os territórios de domínio, foram construídas. Essa medida ampliou a comunicação e possibilitou o controle das fronteiras.

Coliseu

Pax Romana - o que foi, origem e difusão

Pax Romana - o que foi, origem e difusão

Conhecimento Científico
D&D Mundo Afora

A construção do Coliseu em 79 a.C marcou a época das grandes transformações e da manifestação multicultural e econômica. Este grande monumento construído durante a Pax Romana comportava, a princípio, cerca de 50 mil pessoas.

A construção gigantesca sediava vários eventos esportivos com a finalidade de entreter a população. Após a inauguração em 90 a.C, 100 dias de jogos dataram essa conquistas e assim muitas atrações tomaram o espaço. Umas dessas atrações foram as lutas dos gladiadores e algumas execuções.

Por fim, saiba mais sobre Imperadores romanos – 8 mais famosos, quem foram e principais feitos

Fontes: Mundo e Educação, Brasil Escola, Info Escola, Alunos Online,

Fonte das imagens: Aventuras na História, Info Escola, GreelaneD&D Mundo Afora.

Essa matéria Pax Romana, o que foi? Origem + difusão cultural e econômica foi criada pelo site Conhecimento Científico.