Conhecimento Cientifico Poluição do ar, o que é? Tipos de poluição, causas e efeitos

Poluição do ar, o que é? Tipos de poluição, causas e efeitos

Poluição do ar é a introdução de qualquer substância que pode ser nociva ao homem e ao meio ambiente, causando várias doenças. Essa matéria Poluição do ar, o que é? Tipos de poluição, causas e efeitos foi criada pelo site Conhecimento Científico.

A poluição do ar, ou poluição atmosférica, é definida como a presença de substâncias obtidas a partir de atividades humanas, ou até mesmo da própria natureza, que acabam por deixar em risco a qualidade de vida dos seres vivos.

Nesse sentido, com o advento da Revolução Industrial, a queima de carvão despejou toneladas de poluição e comprometeu a qualidade do ar, causando danos respiratórios e mortes em toda a população inglesa do século XIX.

Contudo, desde a primeira metade do século XX e com o aumento de indústrias e também de carros, a poluição do ar acabou por alcançar níveis preocupantes, intensificando-se e lançando cada vez mais poluentes na atmosfera.

Tipos de poluição do ar e poluentes

Poluição do ar é uma forma genérica de fazer referência a uma série de substâncias nocivas aos seres vivos. Assim, essas substâncias, também chamadas de poluentes atmosféricos, podem ser classificados em poluentes primários e secundários.

Conhecimento Científico

Conhecimento Científico

Conhecimento Científico
Poluentes são divididos entre primários e secundários.

Todavia, os poluentes primários são os lançados na atmosfera de forma direta e tem fontes naturais. Por sua vez, os poluentes secundários são produtos de reações químicas que ocorrem na atmosfera e envolvem os poluentes primários.

Dentre os poluentes que mais se destacam estão a fumaça, partículas inaláveis, dióxido de enxofre, ozônio, dióxido de nitrogênio, monóxido de carbono e amônia. Por sua vez, estas substâncias podem causar diversos danos ao ser humano.

O monóxido de carbono pode diminuir a capacidade do sangue de transportar o oxigênio pelo corpo. Já o ozônio, pode causar irritação nos olhos e diminuição da capacidade pulmonar, resultado da sua ação oxidante e citotóxica.

Por sua vez, o dióxido de enxofre age provocando danos nas vias aéreas superiores, assim como o dióxido de nitrogênio, que também causa problemas graves nos pulmões. A amônia, entretanto, é emitida pela agricultura, devido ao uso de fertilizantes e reage na atmosfera formando poluentes secundários, por exemplo.

Causas da poluição do ar

A poluição do ar acontece por várias causas. Existem os tipos de poluição do ar causadas por fontes naturais e por fontes antropogênicas, causadas pela ação do ser humano no ambiente em que vive e ocupa.

Todavia, as fontes naturais de poluição do ar podem ser através de poeira, metano emitido no processo de digestão dos animais, além da fumaça e do monóxido de carbono emitido em queimadas naturais, por exemplo.

Ainda dentro das fontes naturais, destacam-se a atividade vulcânica, que emite poluentes como o dióxido de carbono e o dióxido de enxofre. Também há de se citar a atividade microbiológica nos oceanos, que liberam gases, além das emissões por plantas e, por último, a decomposição de matéria orgânica.

Conhecimento Científico

Conhecimento Científico

Conhecimento Científico
Poluição nas cidades causa mudanças na paisagem.

Por sua vez, as fontes antropogênicas podem ser fábricas, usinas, incineradoras, fornalhas e locais que façam a queima de combustíveis fósseis, por exemplo. Carros, motos, caminhões e aviões também fazem a sua parte emitindo monóxido de carbono e de nitrogênio.

Vale ressaltar também fatores como as queimadas, responsáveis por 75% das emissões de gás carbônico, além de aerossóis, tintas e sprays. Todavia, observa-se também que a decomposição de resíduos orgânicos age liberando metano e provoca a poluição do ar.

Não menos importante, podemos citar também as formas de poluição através da emissão de amônia, resultado do uso de fertilizantes e também a atividade mineradora, bastante explorada no Brasil, por exemplo.

Efeitos da poluição do ar

Todavia, a poluição do ar pode afetar tanto a saúde humana, quanto o meio ambiente, causando doenças respiratórias e também problemas ambientais irreparáveis.

No que tange aos problemas para a saúde humana, a poluição do ar pode trazer irritações na garganta, no nariz e nos olhos, além de dificuldades de respiração e tosse. Os seres humanos, em contato com a poluição, também podem desenvolver problemas respiratórios, como asma, e até problemas cardíacos.

Conhecimento Científico

Conhecimento Científico

Conhecimento Científico
Chuva ácida afeta regiões no mundo inteiro.

A poluição também diminui a capacidade pulmonar, aumenta a chance de ataques cardíacos, além de desenvolver doenças como câncer, danos ao sistema imunológico e até mesmo ao sistema reprodutor.

O meio ambiente também sofre em níveis alarmantes. Os principais efeitos da poluição do ar podem ser vistos na chuva ácida, por exemplo. Este evento causa a acidificação da atmosfera e da água, causando a morte de peixes, danificam árvores em florestas e modificam as propriedades do solo. Dentre as ações para reduzir a ocorrência dessa chuva, países tentam reduzir o enxofre dos combustíveis.

A poluição do ar causa outros impactos ao meio ambiente, como a diminuição na camada de ozônio, fruto da ação química de vários gases lançados na atmosfera, e que mais tarde acabam por aumentar o risco de doenças de pele e outros tipos.

Em tempo, vale ressaltar que a atmosfera sofre com o seu escurecimento, o que afeta a claridade e a visibilidade. Por outro lado, o efeito estufa sofre um desequilíbrio, com o aumento das emissões dos gases do efeito estufa, associado ao desmatamento das florestas.

Como reduzir a poluição?

Alguns hábitos simples podem ser usados para reduzir os altos índices globais de poluição do ar. Todavia, o ser humano pode ser o principal agente redutor da poluição se adotar uma nova postura que se comprometa com alguns pontos básicos:

Reduzir o uso do carro e procurar alternativas como o transporte público e até mesmo aumentar o uso de bicicletas, para redução da emissão de poluentes; Economia de energia: sempre desligar as luzes de casa, aparelhos eletrônicos como a televisão e computadores; Reciclar o lixo doméstico; Uso de produtos de empresas que prezam pela responsabilidade ambiental.

Então, o que achou da matéria? Se gostou, leia também: Mudanças climáticas – O que são, causas, consequências e desafios.

Fontes: Toda Matéria, ECycle, Mundo Educação, WRI Brasil, Escola Kids

Imagens: Revista Galileu, Mobilizar, Notícias ao Minuto, CicloVivo

Essa matéria Poluição do ar, o que é? Tipos de poluição, causas e efeitos foi criada pelo site Conhecimento Científico.

Últimas