Surrealismo – O que é, contexto histórico e características

O Surrealismo foi um dos últimos movimentos artísticos das vanguardas europeias do século XX.

O Surrealismo foi um dos últimos movimentos artísticos das vanguardas europeias do século XX. Este movimento, teve manifestações nas artes, na literatura, no cinema e na filosofia. Inegavelmente, as bases de formação deste movimento eram sonhos, fantasias, devaneios, inconsciência e ausência de lógica. Além disso, esse movimento originou-se em reação ao racionalismo e ao materialismo da sociedade ocidental.

Fundado em Paris em 1924, com a publicação do Manifesto Surrealista, escrito por André Breton. Decerto, este propunha uma nova proposta estética que rompesse com a primazia da compreensão racional, sem diferenciação entre sonho e realidade ou entre lucidez e delírio, por exemplo. Certamente, rompendo com a busca pelo sentido nas representações.

Decerto, como o próprio nome já sugere, é algo surreal, aquilo que está para além do real, que é mais que o real porque transcende a compreensão racional e relaciona-se com a mente inconsciente, com o imaginário e o absurdo.

Contexto histórico
Surrealismo - Características desse movimento

Surrealismo - Características desse movimento

Conhecimento Científico
Sonho Causado pelo Voo de uma Abelha ao Redor de uma Romã um Segundo Antes de Acordar de Salvador Dalí – Fonte: Pinterest

Na Europa, o período entre as duas guerras (1918-1939) ficou conhecido como “os anos loucos”. Assim, a incerteza sobre a predominância da paz levou ao desejo de “viver apenas o presente”.

Diante de um mundo transformado e com o desenvolvimento tecnológico, cabia também a arte romper com a tradição com o que já era considerado arte. Decerto, essas são as vanguardas artísticas. Além disso, as consequências da primeira guerra mundial afetou profundamente o pensamento europeu e influenciou diretamente as artes.

Inegavelmente, a publicação do Manifesto do Surrealismo, assinado por André Breton em outubro de 1924, marcou historicamente o nascimento do movimento. Nele se propunha a restauração dos sentimentos humanos e do instinto como ponto de partida para uma nova linguagem artística. O surrealismo surge como uma vanguarda de ruptura com a realidade. Uma vez que, o mundo real e sua ordenação, permitiram tamanha devastação pós-guerra.

Decerto, a teoria psicanalítica de Sigmund Freud foi a principal fonte de inspiração para os surrealistas. Pois, este deu grande importância às imagens sonhadas e à mente inconsciente, isto é, aos processos não racionais do cérebro humano.

Dadaísmo – O que é, história, fim e principais artistas × Características Surrealismo
Surrealismo - Características desse movimento

Surrealismo - Características desse movimento

Conhecimento Científico
Sonata africaa de Vladimir Kush – Fonte: Filosofia seed

Inegavelmente, o surrealismo teve como precedente indispensável o Dadaísmo. Além disso, o surrealismo é um movimento artístico que propunha a desracionalização da produção artística, sem preocupar-se com a moralidade, verossimilhança ou recepção estética. Sempre buscando procedimentos de composição artística que escapem do controle racional. Esse movimento tinha uma grande influência das teorias da psicanálise.

Uma das principais características desse movimento é a análise dos sonhos e experimentação de diversos estados de consciência. Para exemplificar, podemos citar a produção artística entre o sonho e a vigília ou sob efeito de álcool e alucinógenos. Assim, as artes plásticas e a literatura eram vistas como um meio de expressar a fusão dos sonhos e da realidade

Além disso, há a valorização da liberdade e espontaneidade criativas, onde o artista deve deixar-se levar pelo impulso, registrando tudo o que lhe vier à mente, sem se preocupar com a lógica.

Um aspecto do Surrealismo é intervenções do estranhamento, onde representações de objetos aparentemente sem relação entre si estão em lugares aos quais não pertencem.

Os artistas desse movimento, faziam uso da técnica de colagem, as poesias feitas com palavras recortadas de jornais e revistas, misturadas a imagens e ideias do inconsciente.

Surrealismo na literatura

Inegavelmente, os escritores surrealistas querem se livrar de toda tradicionalidade. A estética do movimento impulsionou-os a libertar a linguagem de sua função utilitária, dando à palavra a maior liberdade.

Certamente, os textos surrealistas são resultado de um impulso de criação puro e simples. Por exemplo, o que o escritor colocou ali, foi a primeira coisa que lhe veio a mente sem preocupações. Se tornando uma obra livre mas engajada com os problemas sociopolíticos. Pois, a liberdade revolucionária do ato de criação deve inspirar a revolução do estado de coisas no mundo.

Usando técnicas de colagem, escrita automática e análise de sonhos, os autores produzem seus textos sem a obrigação da leitura racional. Fluxos de pensamento misturados a imagens oníricas e notícias de jornal rompem com o tempo linear, destroem padrões racionais e conduzem à investigação de outros atributos humanos

Principais obras e artistas do surrealismo André Breton (1896-1966)
Surrealismo - Características desse movimento

Surrealismo - Características desse movimento

Conhecimento Científico
André Breton – Fonte: A mente maravilhosa

Escritor, ele foi o fundador do movimento surrealista. Breton era francês e cursou medicina, e foi neste curso que tomou conhecimento da obra de Freud, em 1915.  Ele foi próximo do movimento dadaísta. Entretanto, abandonou o movimento pois acreditava que era necessário um novo procedimento artístico, que contemplasse a totalidade das percepções humanas.

Ele pertenceu ao movimento comunista até 1927, quando se desfiliou ao ser contrário ao Stalinismo. Entretanto, permaneceu marxista, contribuindo com Leon Trotsky na redação do Manifesto por uma Arte Independente e Revolucionária. Durante a segunda guerra mundial se exilou nos Estado Unidos. Retornou à França em 1941, passando a trabalhar com Miró e Gérard Legrand. Morreu em Paris, em 1966.

Salvador Dalí (1904-1989)
Surrealismo - Características desse movimento

Surrealismo - Características desse movimento

Conhecimento Científico
A persistência da memória de Salvador Dalí – Fote: Cultura Genial

Pintor e escultor espanhol. Decerto, Dalí foi o nome mais popular do Surrealismo. Ele era um homem excêntrico que estudou na academia de Belas Artes de San Francisco. Suas primeiras obras são influenciadas pelo cubismo de Gris e pela pintura metafísica de Giorgio De Chirico.

Além disso, gravou um filme surrealistas com seu amigo cineasta Luis Buñuel, O Cão Andaluz. Ele criou o conceito de “paranóia critica“  para referir-se à atitude de quem recusa a lógica que rege a vida comum das pessoas. Depois de conhecer em Londres Sigmund Freud, fez uma viagem para a América, onde publicou sua biografia A Vida Secreta de Salvador Dali (1942).

Fez diversas experimentações artísticas durante a carreira. Ele foi responsável pela criação de um cômodo surrealista, onde o espectador entre na obra de arte, literalmente.

Max Ernst (1881-1976)
Surrealismo - Características desse movimento

Surrealismo - Características desse movimento

Conhecimento Científico
Ubu Imperato de Max Ernstr – Fonte: Passei direto

Ele foi pintor, escultor e artista gráfico, tendo também escrito poemas sob a estética do Surrealismo. Além disso, foi um dos grandes nomes do Dadaísmo, se juntando ao Surrealismo. Decerto, as suas obras são constituídas de uma enorme diversidade de materiais. Se tornando verdadeiros desafios às composições artísticas convencionais.

Ele foi preso na França durante a segunda guerra mundial e exilou-se nos Estados Unidos. Retorna á França em 1953, e morreu em Paris, em 1976.

René Magritte (1898-1967)
Surrealismo - Características desse movimento

Surrealismo - Características desse movimento

Conhecimento Científico
O filho do homem de René Magritte – Fonte: Cultura genial

Desenhista, ilustrador e pintor de origem belga. Este recebeu influências do impressionismo, cubismo e futurismo. Entretanto, as suas produções mais conhecidas são datadas a partir de 1927, quando conhece a nova vanguarda proposta por Breton.

Inegavelmente, se tornou um dos principais nomes do Surrealismo. Porém, as suas obras só se tornaram conhecidas na década de 1960. Tornando-se parte da cultura popular nas décadas que se seguiram.

Jean Miró (1893-1983)
Surrealismo - Características desse movimento

Surrealismo - Características desse movimento

Conhecimento Científico
O caranaval do Arlequim de Joan Miró – Fonte: Saia com arte

Pintor espanhol, em sua obra “Carnaval do Arlequim” (1924-25), cruzou a fronteira entre a observação do “modelo externo” e símbolos que fluíam do subconsciente. Embora baseado em desenhos feitos em estado de alucinação, sua composição é altamente organizada através da intervenção do controle consciente.

Murilo Mendes (1901-1975)
Surrealismo - Características desse movimento

Surrealismo - Características desse movimento

Conhecimento Científico
Fonte: Toda matéria

Natural de Juiz de Fora (MG), em suas obras encontramos fortes influência surrealistas. Ele foi poeta, prosador e crítico de arte e também professor de cultura brasileira na Universidade de Roma. Teve contato com o Surrealismo a partir de Ismael Nery, pintor brasileiro que conheceu a vanguarda em uma de suas viagens a Paris na década de 1920.

Decerto, seus poemas passaram por diversas fases, entre essas fases, houve um período nitidamente surrealista.

Frida kahlo (1907-1954)
Surrealismo - Características desse movimento

Surrealismo - Características desse movimento

Conhecimento Científico
As duas Fridas de Frida Kahlo – Fonte: Estórias da história

Frida foi uma pintora mexicana. Apesar dos seus quadros serem classificados como surrealistas, a própria Frida negava que era surrealista. Pois dizia que não pintava sonhos, mas sua própria realidade. Com 18 anos de idade sofreu um grave acidente de ônibus. Para ocupar as horas vagas, durante a recuperação, passou a pintar.

Em 1939, Frida expôs sua obra em Paris, na galeria Renon et Collea. Suas obras abordavam de temas pouco ortodoxos, influência da arte folclórica indígena mexicana, pintou muitos autorretratos, paisagens mortas e cenas imaginárias. Além disso, em suas obras sempre estava presente cores fortes e vivas e abordagem de temas de sua própria vida.

Surrealismo no Brasil
Surrealismo - Características desse movimento

Surrealismo - Características desse movimento

Conhecimento Científico
Abaporu de Tarsila do Amaral – fonte: Toda matéria

No Brasil, o Surrealismo exerceu considerável influência sobre o movimento Modernista. O escritor Oswald de Andrade foi um dos maiores expoentes. Em seu Manifesto Antropófago, no romance Serafim Ponte Grande e nas peças O Homem e o Cavalo e a Morta, podemos notar elementos que se relacionam com as técnicas de criação surrealista.

Além da literatura, essa vertente artística exerceu influência também nos artistas plásticos: Tarsila do Amaral, Ismael Nery e Cícero Dias.

Enfim, leia um pouco sobre o nosso subconsciente – o que é, como funciona e sua diferença do inconsciente.

Fonte: Mundo educação, Toda matéria, História das artes.

Fonte imagens: Cultura Genial, Passei direto, Saia com arte, Filosofia seed, Pinterest.

Fonte imagem de destaque: Toda matéria

Essa matéria Surrealismo – O que é, contexto histórico e características foi criada pelo site Conhecimento Científico.